Vídeo do Sinpro denuncia em TV aberta educação desvalorizada

Campanha do Sinpro-DF em defesa de uma educação pública valorizada está a todo vapor. Nesta quinta-feira (17/03), começou a rodar na TV aberta vídeo do sindicato que dialoga com a população sobre os graves problemas que marcam o ano letivo de 2022. O material reforça que a educação tem que ser prioridade!

Assista ao vídeo

 

>> Leia também: DESPRESTÍGIO OU ESTRATÉGIA? A RELAÇÃO ENTRE A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO E O GOVERNADOR

Crianças e adolescentes voltaram às aulas em um cenário dramático. Estudantes com deficiência estão sem monitores; crianças e adolescentes se matricularam, mas não puderam frequentar a escola porque há superlotação das salas de aula; escolas ficaram sem recurso para fazer reparos imprescindíveis na estrutura. Nas escolas públicas, falta até professor. Além disso, a carreira do magistério público está há sete anos com os salários congelados.

>> Leia também: Sinpro Cidadão – Problemas da educação pública do DF e suas soluções

Para definir os rumos da luta da categoria, o Sinpro-DF já realizou assembleias regionais no Plano Piloto (regional), Cruzeiro, Ceilândia, Recanto das Emas, Samambaia, Riacho Fundo I e II, Núcleo Bandeirante e Candangolândia. Nesta quinta-feira (17/03), estão na agenda Sobradinho, São Sebastião, Santa Maria, Bazlândia, Guará e Cidade Estrutural. Já Plano Piloto (sede), Paranoá, Itapoã, Planaltina, Gama e Taguatinga terão asssembleias regionais no dia 22 de março.

A assembleia geral com paralisação está agendada para dia 24 de março.