Por administrador em 15/out/2014

Vencedores e finalistas do Prêmio Luiz Gushiken



Saiba quem foram os vencedores e finalistas de cada uma das sete categorias do 1º Prêmio Luiz Gushiken de Jornalismo Sindical Popular e quem levou o primeiríssimo lugar. A cerimônia de entrega da premiação foi realizada nessa segunda-feira (13), em cerimônia no Teatro dos Bancários de Brasília. Mais de cem trabalhos inscritos disputaram o Prêmio.

ARTES

artes
1º lugar – Dia da Mulher
Sindicato dos/Bancários DF
Autor: Valdo Virgo

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Projeto visual para panfleto, banner e web. Tipologia e cores empregadas, aliadas à ilustração do salto alto, vão direto ao ponto. Captam atenção imediata do leitor para o tema.

Finalista: Revista Sinpro Mulher
Publicação do Sinpro-DF
Autor: Samuel Alves de Paula

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: O Projeto gráfico-editorial de bom gosto, com apresentação didática e contemporânea. Ilustrações contextualizadas, com elementos regionais na capa, e adequadas. Permitem ao leitor ótima interação com o conteúdo.

Finalista: Capa Quadro Negro 185
Publicação do Sinpro DF
Autor: Samuel Alves de Paula

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Capa criativa, muito bem relacionada ao tema. O trabalho visual usado no desenvolvimento do assunto dá excelente ideia da mensagem. Material limpo, direto e objetivo.
ESTUDANTIL
A única inscrição foi infelizmente invalidada pela Comissão Organizadora.
FOTOGRAFIA

fotografia
1º lugar – Trabalhador
Autor: Wagner Fraga Friaça
Exposição Talentos do Senado

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Um autêntico trabalhador brasileiro. Com boa luz e corte, a foto retrata a exploração do trabalhador brasileiro. A vida deixa de ser colorida, passa em preto e branco.

Finalista: Passeata Palestina Livre
Autor: Marcelo Tavares Borges
ECOM – Escola de Comunicação Comunitária de Itapoã

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Um bom contraluz, com sol explodindo ao fundo e banhando toda a imagem, realçando os rostos. Traz a mensagem política da manifestação coletiva e solidária. O homem à frente da passeata é significativo. Não há idade para as lutas sociais.

Finalista: Direitos Indígenas
Autor: Wagner Fraga Friaça
Revista de prestação de contas do ex-senador Sérgio Souza (PMDB-PR)

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: A foto tem boa luminosidade e colorido atraente. O indígena com a Constituição é um registro incomum, captando um contraste social impactante.
IMPRESSO

Impresso2
1º lugar: Revista Sinpro Mulher
Autores: Eliceuda França, Neliane Cunha e Vilamara Carmo
Secretaria de Políticas para Mulheres do Sinpro-DF

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Com edição gráfica esmerada e apuração jornalística de caráter histórico, a publicação apresenta interessantes matérias sobre a participação das mulheres em várias questões na sociedade. Ao mesmo tempo, mantém o diálogo permanente com a categoria, abordando relações de gênero na escola e apontando saídas.

Finalista: Revista Ela por Elas
Autores: Mark Florest,Debora Junqueira, Denilson Cajazeiro, Saulo Martins e Nancy Alves
Sinpro MG

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Primorosa qualidade gráfica, com conteúdo informativo claro e direto. A temática de gênero é explorada em múltiplos aspectos (histórico, sociológico e jurídico, por exemplo), com fundamento no direito à cidadania e à inclusão social.

Finalista: HSBC é condenado por violar intimidade de funcionários afastados
Autora: Daniele Silveira
Brasil de Fato

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: A matéria é a expressão da preocupação editorial do jornal com interesses da classe trabalhadora. A denúncia, gravíssima, é apurada com qualidade, ouvindo diferentes atores. Indiscutivelmente um fato jornalístico que, na maior parte das vezes, é ignorado pela mídia comercial.
INTERNET

internet
1º lugar: Site do Sinpro-DF
Autores: Juliana Oliveira, Eduardo Homero e Cláudio Antunes

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Com uma diagramação limpa, o site consegue agregar informações atualizadas de interesse específico do sindicato, da categoria dos professores e notícias da luta geral dos trabalhadores. A navegação é intuitiva e bem organizada. Uma demonstração de que é possível e necessário fortalecer a comunicação sindical para a luta dos trabalhadores e para a construção de um país democrático.

Finalista: Facebook, muito além de um post
Autor: ECOM – Escola de Comunicação Comunitária de Itapoã
Representante: Joaquim Carvalho

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Uma proposta para administração do facebook do Sindicato dos Professores do DF – Sinpro-DF, que demonstra ser possível investir em comunicação como ferramenta de disputa de ideias e mobilização da categoria.

Finalista: SJPDF ganha ações de jornalistas demitidos pelo Estadão
Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal
Autores: Gisliene Hesse e Jonas Valente

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Noticiário objetivo da vitória da ação sindical, que agrega, além do fato, orientações para o profissional estar mais atento sobre seus direitos.
RÁDIO

1º lugar: Os filhos da ditadura – 50 anos para não esquecer

Autores: Lucas Scherer, Natália Godoy, Rodrigo Nunes, Rodrigo Orengo e Weverton Borges
Veículo – BandNews FM Brasília 

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Conjunto de sete reportagens que trata dos efeitos danosos da ditadura sobre a vida de jovens e trabalhadores de todo o país. Com depoimentos de vítimas da ditadura e filhos de perseguidos, torturados e mortos, a produção aborda todo o período desde o golpe até a anistia, passando por todos os momentos críticos da luta política, social e sindical de resistência ao governo militar e às leis de exceção.

Menção Honrosa – Produções com temáticas atuais e interessantes, mas, na opinião das Comissões organizadora e julgadora, não diretamente pertinentes à proposta do Prêmio Luiz Gushiken, centrada na organização e luta dos trabalhadores e no tratamento de questões voltadas às relações do capital e trabalho.

Os órfãos da Justiça
Autores: Bruno Feittosa, Leandro Aislan, Weverton Borges, Luana Souza e Rodrigo Orengo
Veículo – Band News

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: O mérito dessas quatro reportagens é trazer à tona o problema da legião dos “sem sentença”, cerca de 200 mil pessoas encarceradas indevidamente. Aponta consequências, falhas na Justiça e possíveis soluções no âmbito dos três Poderes.

O tráfico que escraviza
Autores: Fernanda Makino, Leandro Aislan, Weverton Borges, Luana Souza e Rodrigo Orengo
Veículo – Band News

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Série de três reportagens que apresenta os desafios ao combate à rede mundial do narcotráfico.
TELEVISÃO E VÍDEOS

 1º lugar: Escola de Mídia Comunitária – Turma 3

Autores: Paula Rocha Nogueira, Diego Castro, Agostinho Reis, Rachel Porto e Paulo Miranda
TV em Movimento – TV Comunitária de BrasíliaJUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Programa produzido com crianças e adolescentes que mostram a realidade de sua escola, promovendo a reflexão sobre a importante participação da comunidade na construção do saber e nos desenvolvimento das crianças. O trabalho ganha maior dimensão ao se levar em conta a necessidade de massificação do debate sobre a importância da mídia na vida cotidiana da população.

Finalista: Corrida do Sinpro
Autores: Juliana Oliveira Maciel, Claudio Antunes e Deusilene Francesca de Souza.
Sinpro DF

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: O vídeo destaca a proposta de integração dos professores que por meio de uma atividade da corrida. A atividade alia e discute lazer, bem estar e condição de trabalho e, asism, amplia a ação sindical para outras perspectivas.

Finalista: Semelhança? Mera Coincidência?
Sindicato dos Bancários de Brasília
Autores: Wellington dos Santos Rocha e Rodrigo Couto

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: Vídeo criativo que esclarece e conscientiza sobre abusos dos banqueiros cometidos contra os bancários, que são tratados como “produtos descartáveis” após serem usados e explorados.
ESPECIAL

Especial
1º lugar: Campanha de segurança dos Jornalistas
Autora: Samira de Castro Cunha
(Mural, Cartilha, Doação de Sangue, Facebook)
Sindicato dos Jornalistas do Ceará – Sindjorce

JUSTIFICATIVA DOS JURADOS: O Mural apresenta a campanha de forma impactante quando mostra foto e preço dos equipamentos de segurança aos trabalhadores jornalistas. Sugere também uma segunda leitura quando se apresenta em forma de divulgação de panfleto de vendas de produto comercial. O Manual de segurança para jornalistas em coberturas de risco expressa claramente através da imagem a situação de risco que vivem os jornalistas
MENÇÃO HONROSA

PL 4330-FACE (1)

 

Os vídeos sobre o PL 4330 podem ser vistos no canal da CUT Brasília no Youtube, clique aqui

Não aos ladrões de direitos
CUT Brasília e sindicatos filiados
Equipe: Ricardo Oliveira, Jean Maciel, José Júnior, Guina Ferraz, Drielle Vasti, Ronaldo Barroso, Vanessa Galassi, André Barreto, Robson Silva, José Luiz Frare, Equipe ECOM/Sinpro-DF, Valdo Virgo, Elton Valdas, Pricilla Beine, Talita Régia e outros.

JUSTIFICATIVA: Peças produzidas para todos os veículos impressos, eletrônicos e redes sociais da bem sucedida mobilização e campanha de combate ao Projeto de Lei 4330, que precariza o trabalho e rouba direitos dos trabalhadores.
GRANDES VENCEDORES
1º lugar: Escola de Mídia Comunitária – Turma 3
Autores: Paula Rocha Nogueira, Diego Castro, Agostinho Reis, Rachel Porto e Paulo Miranda
TV em Movimento – TV Comunitária de Brasília

2º lugar: Dia da Mulher
Sindicato dos/Bancários DF
Autor: Valdo Virgo

 

Imprimir