Por administrador em 12/jun/2013

Sinpro manifesta apoio aos/às professores/as de Juazeiro do Norte e repudia ato do governo daquele município



O Sinpro-DF vem a público manifestar seu apoio às professoras e aos professores da rede municipal de Juazeiro do Norte, no Sul do Ceará, que decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (12) em protesto contra projeto de lei do Executivo, aprovado na Câmara Municipal, que reduz a remuneração da categoria.

A lei aprovada reduz em até 40% o salário da categoria, além de prever a retirada de direitos e aumento da carga horária. A gratificação por regência de classe, por exemplo, passa de 40% sobre o salário base de R$ 783,00 para 30% e o aumento salarial por tempo de carreira, recebido a cada três anos de serviço público, foi reduzido de 5% para 3%.

Segundo o Sindicato dos Servidores Municipais de Juazeiro do Norte (Sinsejun), 220 profissionais terão redução imediata de salário e outros 2.300 terão perdas graduais.

O Sinpro-DF repudia veementemente este ato político do prefeito de Juazeiro do Norte, consolidado pela Câmara Municipal daquela cidade, e reafirma sua defesa intransigente ao princípio da não redutibilidade de salários e direitos conquistados pelas trabalhadoras e trabalhadores deste País.

Imprimir