Por administrador em 04/jul/2012

Sinpro ingressará com ação por direito à privacidade



O departamento jurídico do Sinpro ingressará nesta quarta, 4, no Tribunal de Justiça do DF, com ação com pedido de liminar visando garantir o direito à privacidade dos seus associados. O objetivo é evitar a divulgação de forma individualizada do salário das professoras e professores, porque entendemos que isso fere o direito à privacidade, um direito constitucional.

Apoiamos e defendemos total transparência na gestão da coisa pública, mas acreditamos que poder público pode garantir o cumprimento da Lei de Acesso à Informação sem invadir a privacidade dos servidores, com risco até mesmo para a integridade física deles. Como qualquer trabalhador, o servidor público tem o direito à privacidade do seu contracheque.

Imprimir