Por administrador em 17/ago/2012

Sinpro garante liminar que impede divulgação de contracheques



O Tribunal de Justiça do DF concedeu liminar a ação impetrada  pelo Sinpro e  o GDF está impedido de divulgar a remuneração vinculada ao nome dos professores/as e orientadores/as sindicalizados/as no Portal da Transparência.  O mérito ainda não foi julgado, mas o diretor do Sinpro, Dimas Rocha, considera que essa decisão é uma importante vitória no sentido de garantir o direito à privacidade dos/as professores/as. Para acessar a decisão liminar, copie e acesse o link abaixo:

http://tjdf19.tjdft.jus.br/cgi-bin/tjcgi1?MGWLPN=SERVIDOR1&NXTPGM=tjhtml122&ORIGEM=INTER&CIRCUN=1&SEQAND=4&CDNUPROC=20120111168499

Imprimir