Por administrador em 04/out/2013

Sinpro-DF reafirma apoio à greve dos bancários



Mais uma vez o Sinpro-DF comunica seu apoio à greve nacional dos bancários. Considerada a maior greve nacional da categoria, com adesão de 100%, em todo o país, a greve tem cinco mil bancários parados. Só em Brasília a adesão chega a mais de 70% dos trabalhadores, segundo Rodrigo Couto, da assessoria de Imprensa do Sindicato dos Bancários.

Nesta sexta-feira, os bancários se reuniram na Praça Betinho – também conhecida como “Cebolão” – no Setor Bancário Sul. De acordo com Rodrigo Couto, a greve vai continuar enquanto não houver uma negociação.

Eduardo Araújo, presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília, está em São Paulo na expectativa de forçar uma negociação. “Os bancários continuarão em greve com o apoio de  cerca de 80% dos sindicatos filiados a CUT”, diz  Eduardo.

A diretoria do Sinpro-DF considera inadmissível que bancos, que no Brasil têm os maiores lucros e a mais alta rentabilidade do sistema financeiro internacional e pagam salários milionários a seus executivos, desrespeitem os trabalhadores que produzem esses resultados.

Imprimir