Por administrador em 14/dez/2011

Entidades cobram do GDF implantação do Plano de Saúde



Uma comissão de entidades de servidores públicos do Distrito Federal, entre elas o Sinpro-DF, se reunirá às 16 horas desta quinta-feira, dia 15, com o secretário de Administração do GDF, Wilmar Lacerda, para cobrar do governo a apresentação do projeto de implantação do Plano de Saúde do funcionalismo. Segundo o presidente da CUT-DF, José Eudes, embora exista um compromisso do governo do DF de implantar o Plano de Saúde em janeiro de 2012, até agora nenhum trabalho foi apresentado aos trabalhadores. “Vamos lembrar ao secretário que temos um documento assinado pelo governador, no início deste ano, que registra esse compromisso”, disse José Eudes.

O encontro de amanhã faz parte da estratégia de exigir do governo uma ação imediata que ratifique o compromisso assumido, definida por dirigentes de mais de 20 entidades (Sinpro-DF, SAE, Sindsaúde, Sindireta, entre outros), em reunião realizada na CUT-DF, no dia 12 deste mês. “Decidimos que vamos pressionar os órgãos do GDF que têm a missão de implantar o Plano de Saúde dos servidores a nos dar uma resposta satisfatória”, explicou o presidente da CUT-DF. Como já estamos em dezembro e até agora nada foi divulgado, as entidades temem que o governo não honre o compromisso firmado de que no início do ano que vem o plano seria implantado.

Para o Sinpro, essa é uma conquista das professoras e professores estendida a todos os servidores e dela não podemos abrir mão! Infelizmente essa é uma novela que se arrasta desde o governo Roriz. Entra governo e sai governo e a enrolação continua. Quem está no dia a dia das escolas públicas sabe o quanto a questão da saúde preocupa a categoria. Somos uma das mais expostas a doenças profissionais, justamente pela falta de um trabalho preventivo e sistemático de atendimento aos educadores. O índice de professores readaptados, ou seja, com limitações para o exercício de sua atividade-fim, é expressivo. Por isso um plano de saúde que atenda às nossas expectativas é fundamental para a melhoria das nossas condições de trabalho e vida.

Os professores exigem respeito! Plano de Saúde é um direito nosso e dele não abriremos mão!

Imprimir