Por administrador em 23/out/2008

Em assembléia, professores aprovam calendário de mobilização



Reunidos em assembléia na manhã desta quinta-feira, os professores aprovaram todo o calendário de mobilização proposto pelo Sinpro. A próxima assembleia será no dia 7 de abril, com indicativo de greve, mas caso seja necessário, a diretoria do Sinpro convocará assembléia extraordinária. Os professores deliberaram que a data limite para negociação dos dias parados seja o dia 18 de novembro.Se não houver o pagamento dos dias parados não haverá reposição.
A assembléia decidiu ainda que o Sinpro deverá mover um processo por difamação contra o secretário de Educação José Valente, por suas declarações a respeito das licenças-médicas dos professores. Os professores rejeitaram a proposta de um 14º salário e vão lutar pela revogação da portaria 123/08, que ampliou o ano letivo em dois dias como forma de não se caracterizar a reposição dos dias parados pelos professores.
Dos dias 28 de outubro de 2008 a 30 de março de 2009 o Sinpro realizará um mutirão de visitas às escolas, que serão agendadas previamente para que sejam realizadas no horário de coordenação, a fim de debater a mobilização. No dia 11 de março realizaremos, com a participação da comunidade escolar um ato público em frente ao Buritinga. Foi iniciada a contagem regressiva até o dia 7 de abril, quando os salários deverão ser reajustados em, no mínimo, 19, 98% para cumprir o artigo 32 do nosso plano de carreira.

Imprimir