Por administrador em 29/abr/2009

Aos que têm orgulho de fazer história



Os professores viveram em abril deste ano mais um momento histórico. Participaram com garra e vigor de uma paralisação em defesa de seu trabalho, da sua dedicação à educação e da melhoria da qualidade de vida. Foi uma batalha dura, como sempre acontece nesses períodos de confrontação. Em todos os momentos, quem aderiu à greve mostrou-se guerreiro e disposto a lutar sem tréguas pelos seus direitos.

Os professores lutaram pelo reajuste de 15, 31%, que lhes é de direito por lei. A pressão da greve e a resistência heróica daqueles que paralisaram e apoiaram essa luta fizeram com que o GDF saísse da inércia e apresentasse uma proposta. Não foi a proposição ideal, o Sinpro reconhece, mas foi um avanço possível e que pode ser visto como uma conquista. Principalmente quando, do outro lado, a intenção era de não se negociar 1% sequer de reajuste salarial.

Nessa árdua batalha, muitos professores deram o sangue para defender aquilo em que acreditavam, reforçando o espírito de fé e luta que sempre marcou a história da categoria no DF. O Sinpro parabeniza a todos aqueles que perderam o sono, participaram dos piquetes de convencimento, vestiram a camisa dessa campanha e emprestaram sua voz na briga pelos seus direitos e cidadania.

O Sindicato lembra, ainda, que é importante manter a mobilização para garantir o pagamento parcelado dos 15, 31%. É importante ficar em estado de alerta porque nossa luta continua. Muito obrigado a todos que estiveram junto com a categoria na luta por seus direitos.

Sindicato dos Professores no Distrito Federal

Imprimir