Violência e a população negra no Brasil é tema de live do Sinpro-DF

A terceira live da série realizada pelo Sinpro-DF no Mês da Consciência Negra abordará Violência e a População Negra no Brasil. O debate virtual será realizado nesta quarta-feira (18/11), às 19h, e será transmitido pelos canais do Sinpro-DF no Facebook, Instagram e Youtube, além da TV Comunitária.

Para debater o tema foram convidadas Vilma Reis, socióloga, ativista do Movimento de Mulheres Negras do Brasil e co-fundadora da Mahin Organização de Mulheres Negras Vilma Reis; Iêda Leal, pedagoga, coordenadora do Centro de Referência Negra Lélia Gonzáles e coordenadora nacional do MNU (Movimento Negro Unificado), além de secretária de Combate ao Racismo da CNTE e secretaria de Comunicação da CUT-GO; e Anatalina Lourenço, professora da rede pública estadual e municipal de São Paulo, ativista do Movimento de Mulheres Negras. A mediação será feita pela diretora do Sinpro-DF Márcia Gilda Moreira.

A série de debates do Sinpro-DF tem o objetivo de valorizar as culturas de matrizes africanas e promover reflexões sobre a realidade imposta à população negra. Professoras (es) sindicalizadas (os) que tiverem pelo menos 75% de presença na série de debates virtuais terão direito ao certificado de participação. A cada debate será disponibilizado um link exclusivo a quem for sindicalizado para que se possa fazer o registro da presença.

>> Não conseguiu acompanhar os outros o debates da série? Acesse 

Respeito também é sagrado. Assista no link https://youtu.be/uLMOXw3GoHU

Educação antirracista. Assista no link https://youtu.be/BZ02Pb8JRrw

Programação

18/11 | Quarta-feira
Violência e a População Negra no Brasil

Debatedoras:
Vilma Reis – Socióloga, Feminista, ativista do Movimento de Mulheres Negras do Brasil, mestra em Ciências Sociais, doutoranda em Estudos Africanos no PosAfro-UFBA, defensora de Direitos Humanos e co-fundadora da Mahin Organização de Mulheres Negras

Iêda Leal – Pedagoga pela PUC-GO; Especialista em Métodos Técnicas de Ensino pela Universidade Salgado de Oliveira; ativista do Movimento Negro e do movimento sindical. Atualmente é secretária de Combate ao Racismo da CNTE e secretaria de Comunicação da CUT-GO. É coordenadora do Centro de Referência Negra Lélia Gonzáles e coordenadora nacional do MNU – Movimento Negro Unificado. Foi conselheira do Conselho Estadual de Educação de Goiás. Mãe de Naomí, Júlia, Nuala e Naila.

Anatalina Lourenço – cientista social pela UNESP, professora da rede pública estadual e municipal de São Paulo, ativista do Movimento de Mulheres Negras

Mediação: Márcia Gilda Moreira (Sinpro-DF)

27/11 | Sexta-feira
Sarau Culural

Programação:
Cristiane Sobral – escritora, poeta, atriz e professora de teatro

Tambor de Crioula – grupo consolidado por maranhenses que moram em Brasília, reverenciando o santo São Benedito e os Mestres da Cultura Popular do Maranhão, mantendo acesa a chama da ancestralidade cultural do Tambor de Crioula

Daíse Moreira – estudante, musicista e compositora

Meimei Bastos – escritora, poeta, mestranda em Culturas e Saberes em Artes Cênicas pela UnB, educadora, atriz e coordenadora do Slam Q’BRADA e do Campeonato de Poesia Falada do DF & Entorno

Skip to content