TV Sinpro vai ao ar, nesta terça (23), às 17h, com o tema do PL da Mordaça

Cléber Soares e Wijairo Mendonça, da Diretoria Colegiada do Sinpro-DF, estarão ao vivo na TV Sinpro, nesta terça-feira (23), às 17h, para falar sobre o Projeto de Lei (PL) nº 01/2015, o PL da Mordaça. No programa, que vai ao ar toda terça-feira na TV Comunitária do Distrito Federal, Canal 12 da NET e Canal da TV Comunitária no You Tube, os dirigentes sindicais vão explicar o que o projeto de lei preconiza, como impacta na ação pedagógica, quais os prejuízos que a categoria docente terá caso ele venha a ser aprovado na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) e  por que é chamado de PL da Mordaça.
O PL da Mordaça, uma proposta da deputada distrital Sandra Faraj (Solidariedade), está  articulado com o PL 867/2015, de autoria do deputado federal Izalci Lucas (PSDB/DF), e com o PL 1.411/2015, do deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN) em tramitação na Câmara dos Deputados. O de Izalci Lucas, intitulado “Escola sem Partido”, elimina a concepção do educador Paulo Freire de transmissão de conhecimento e atua como instrumento de repressão ideológica.
O PL do deputado Rogério Marinho, por sua vez, criminaliza o magistério e vai mais longe: institui pena de reclusão e multa a professores (as) que expressarem suas ideias em sala de aula. Na lei, ele classifica a pedagogia paulofreiriana de “assédio ideológico” em ambiente escolar. Todos eles têm sido veementemente refutados e rejeitados pela categoria docente por atentar contra a liberdade de cátedra.
Confira nesta terça (23), às 17h e às 22h, na TV Sinpro, mais esclarecimentos sobre o PL da Mordaça e seus impactos no magistério do Distrito Federal. Se não der tempo de vê-lo hoje, a TV Comunitária oferece reprises do programa em horários de dias diferentes, confira: na terça, às 22h; às quarta-feira, às 18h30; quinta-feira, às 13h30 e às 22h30; sábado, às 13h; domingo; às 18h30; segunda-feira, às 6h30.

Skip to content