Professor Frigotto discute educação na pandemia e futuro do currículo

O programa TV Sinpro lança, nesta semana, uma nova agenda de temas exclusivamente pedagógicos para discutir o futuro da educação pública durante e após a pandemia. O primeiro programa com essa linha editorial será apresentado, nesta quarta-feira (2/9), às 19h, com um diálogo virtual com o professor educador da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Gaudêncio Frigotto, sobre “currículo e conteúdos significativos na educação com uso de tecnologias em tempo de pandemia”.

Intermediado por Berenice D’arc, diretora do Sinpro-DF, o debate será transmitido pelos canais do Sinpro-DF na Internet – Facebook, YouTube e Instagram – e pela TV Comunitária, no canal 12 da NET. A ideia é trazer para a discussão o currículo escolar e o percurso a seguir em relação ao conteúdo formal no sentido de amenizar as perdas impostas pela pandemia do novo coronavírus aos estudantes.

“É fundamental que se discuta o currículo à luz deste momento tão difícil, que temos nosso olhar voltado para uma pandemia altamente letal, que tira vidas e maltrada a todos pedagógica e psicologicamente por causa do não estabelecimento de uma inclusão digital que coloca à margem uma parte importante dos estudantes”, afirma a diretora do sindicato.

O debate com Frigotto tem o objetivo de iniciar esse diálogo com a categoria sobre a construção de um currículo capaz de possibilitar a interação dos estudantes com os conteúdos significativos, amenizar as dificuldades pedagógicas e de aprendizagem que este ano impôs a milhares de estudantes e apontar para o ano de 2021.

O professor Gaudêncio Frigotto tem explicado, em várias ocasiões durante a pandemia, diferentemente daquilo que os meios de comunicação apregoam, o tão chamado salto de 5 anos em 6 meses para a expansão da EaD no Brasil ainda é uma falácia. Ele denuncia a existência de 12 milhões de analfabetos absolutos no País, 38 milhões de alfabetizados funcionalmente (pessoas que apenas escrevem o próprio nome) e 47% das famílias brasileiras são chefiadas por mulheres, na maioria absoluta são mulheres pobres com muitos filhos.

Não perca! TV Sinpro, excepcionalmente nesta quarta-feira (2/9), às 19h, ao vivo, pelas redes sociais do Sinpro-DF e TV Comunitária no canal 12 da NET.

O TV Sinpro é um programa de TV transmitido, ao vivo, toda terça-feira, às 17h, pela TV Comunitária no canal 12 da NET-DF e também pelo Youtube e Facebook do Sinpro-DF e TVCom.

As reprises são exibidas durante a semana. Confira a programação:

Terças – 22h

Quartas – 18h30

Quinta – 13h30 e 22h30

Sábado – 13h

Domingo – 18h30

Skip to content