Terceirizados podem aprovar greve por Campanha Salarial 2015

Os trabalhadores terceirizados do Distrito Federal realizarão assembleia nesta quinta-feira (15), às 17h30, no estacionamento do Teatro Nacional. A categoria está em Campanha Salarial desde o final do ano passado, mas, até agora, os patrões não apresentaram proposta que contemplasse os trabalhadores. Diante do impasse, a assembleia poderá decretar greve por tempo indeterminado.
Na pauta de reivindicação dos terceirizados estão o reajuste salarial de 30% e tíquete-alimentação de R$ 28,00. Entretanto, a proposta do sindicato patronal é de reajuste de 8% no salário e no tíquete-alimentação.
O movimento dos trabalhadores terceirizados acontece em conjunto com o dos vigilantes, que também estão em Campanha Salarial e têm os mesmos patrões. Os trabalhadores realizarão assembleia com indicativo de greve, nesta quinta-feira (15), às 19h30, na Praça do Cebolão. Assim como os terceirizados, os trabalhadores vigilantes lidam com a falta de proposta dos patrões.
“Vamos nos unir cada vez mais. O Sindiserviços não tem medido esforços para que nossas reivindicações sejam conquistadas”, afirma a presidente do Sindiserviços, sindicato que representa os trabalhadores terceirizados do DF, Maria Isabel Caetano.
Skip to content