Site do Sinpro possui espaço exclusivo sobre militarização das escolas

O Sinpro elaborou um novo espaço no site do sindicato específico para divulgação de materiais relacionados à militarização das escolas públicas no Distrito Federal. A categoria surgiu da necessidade de intensificar o debate sobre o tema e a área servirá, inclusive, como fonte de pesquisa para professores(as) e orientadores(as) que estão cursando uma segunda graduação ou pós graduação e que farão seus trabalhos de conclusão acerca da militarização.

O projeto intitulado como gestão compartilhada, implantado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) no início de sua gestão do em janeiro deste ano, dialoga com a proposta do presidente Bolsonaro de incentivo à criação de Escolas Cívico-Militares.

De forma arbitraria e controversa, quatro escolas públicas já aderiram ao modelo. Agora, está prevista a ampliação para mais seis escolas. Entretanto, essa expansão ocorre em meio à polêmicas e sem qualquer estudo, pesquisa ou números oficiais sobre melhorias nas escolas já militarizadas, além de entrar em desacordo com entidades representativas de professores, servidores, estudantes e grande parte da comunidade escolar.

 

A aba sobre militarização pode ser acessada na categoria DESTAQUES conforme a imagem abaixo:

 

 

 

 

Skip to content