Sinpro reafirma pauta debatida com governador eleito do DF

A imprensa divulgou uma matéria nos últimos dias informando que o governador eleito Ibaneis Rocha teria definido o nome do próximo secretário de Educação após conversas com um senador do DF e com representantes do Sinpro. A diretoria colegiada do Sindicato dos Professores nega essa informação e afirma que não é papel do sindicato fazer qualquer tipo de debate para indicar nomes para ocupar cargos no Governo do Distrito Federal, seja ele para a Secretaria de Educação ou para qualquer outra área.
A comissão de negociação do Sinpro se reuniu com o governador eleito na última segunda-feira (5), e na ocasião foram debatidos pontos presentes na pauta de reivindicações dos(as) professores(as) e orientadores(as) educacionais, e não a escolha ou indicação de nomes para o futuro governo.
Em toda a história do Sinpro sempre mantivemos viva a luta por uma educação pública de qualidade e pelo respeito aos direitos de cada trabalhador(a), em especial os professores e orientadores educacionais. A escolha dos nomes que vão administrar as secretarias do GDF é de responsabilidade do governador e não de sindicatos. Cabe a cada sindicato lutar para que o governo cumpra com as promessas feitas em campanha e que invista nas mais variadas áreas, exemplo o da Educação.

Skip to content