Sinpro-DF vai ao MPT para assegurar condições de trabalho e direitos da categoria

O Sinpro-DF se reuniu, na quarta-feira (17), com o Ministério Público do Trabalho (MPT) para discutir a volta às aulas, principalmente, em relação às condições de saúde, higiene, atendimento presencial para entrega de material impresso e toda a interação que professores(as) orientadores(as) terão com estudantes, comunidade escolar e entre os(as) próprios(as) professores(as) durante o período da pandemia.

O MPT ouviu o relato do sindicato e quis saber como os encaminhamentos relacionados à volta às aulas estão acontecendo. Agendaram nova reunião para a próxima quarta-feira (24) a fim de dar continuidade à discussão. As procuradoras do Trabalho Carolina Pereira Mercante e Geny Helena Fernandes Barroso se comprometeram a apurar para saber se o Governo do Distrito Federal (GDF) está cumprindo com todas as medidas sanitárias e outras situações relacionadas à saúde dos(as) trabalhadores(as) do magistério.

O Sinpro-DF, por sua vez, fornecerá ao MPT documentos e informações para municiar as procuradoras na apuração das condições de trabalho a que o GDF submete a categoria do magistério público durante a franca expansão da pandemia do novo coronavírus e antes do pico. A imprensa notificou que a Secretaria de Saúde prevê o pico da pandemia no DF em 13 de julho.

Skip to content