Sinpro convida gestores das unidades escolares para reunião na Câmara Legislativa, nesta quinta-feira, sobre o atraso do repasse do PDAF

Nesta quinta-feira (11/1), dirigentes do Sinpro vão à Câmara Legislativa do DF conversar com o presidente da Casa, Joe Valle, às 16h. Na pauta, o atraso do repasse, pelo GDF, de parcela do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF) às escolas. É importante a participação dos gestores das unidades escolares no encontro.

O fato é que diversas unidades escolares encerram o ano sem receber a prometida segunda parcela do PDAF de 2017. E muitos gestores temem que essa parcela seja “esquecida” com o depósito da primeira parcela do PDAF de 2018 ou que ela atrase bastante.
O PDAF foi criado para gerar autonomia financeira nas escolas e, sem este recurso, várias delas não conseguirão honrar os compromissos assumidos e não possuirão condições para se organizar para o início do ano letivo – ficando incapazes de receber os estudantes em fevereiro.
A situação está tão crítica que as escolas colocaram faixas pedindo socorro e alertando para o comprometimento do início do ano letivo.

O Sinpro exige que o GDF deposite o quanto antes a parcela que deve do PDAF de 2017 e que não atrase a primeira parcela do PDAF de 2018, para que as escolas possam garantir a estrutura necessária para que recebam os estudantes em fevereiro próximo.
Leia também >>> Mais uma vez Rollemberg atrasa a liberação do PDAF para as escolas

Skip to content