Sindicato aciona Justiça para pagamento de férias dos servidores do Detran-DF

Centenas de servidores do Detran-DF que optaram por gozar das férias neste mês de janeiro ficaram sem o pagamento do direito. O órgão alega que não há dinheiro em caixa. Para garantir o pagamento da dívida, o Sindetran-DF, sindicato que representa a categoria, entrou com ação na Justiça do Trabalho contra o GDF e o Detran.
Na ação, o Sindicato afirma que, segundo informações do Portal da Transparência da Câmara Legislativa do Distrito Federal – CLDF, até o dia 30 de dezembro, o Detran tinha em caixa R$ 17,5 milhões. Em janeiro, o recurso passou para R$ 21 milhões. Os valores são arrecadados pelo próprio departamento.
Para que a verba seja utilizada, é necessária autorização do GDF, já que o recurso advém dos impostos pagos pela população. De acordo com o Sindetran-DF, dos mais de R$ 20 mi disponíveis, são necessários apensa R$ 1,2 mi para quitar o pagamento das férias dos servidores do Detran.
“Já tivermos várias reuniões com o GDF e tentamos contato também com a direção geral do Detran, mas, até agora, nada. Há muito dinheiro disponível em caixa. Por isso acionamos a Justiça, para que isso se resolva o mais rápido possível”, explica a dirigente do Sindetran-DF, Patrícia Rocha Donato.
A próxima reunião de negociação com o GDF e o Detran está marcada para a esta quinta-feira (15), às 14h30.
Veja folha detalhada de arrecadação do Detran-DF
recibo1
recibo2
 

Skip to content