SEE cancela Festic e causa prejuízos pedagógicos a estudantes

Sem qualquer tipo de justificativa, a Secretaria de Educação do Distrito Federal cancelou o Festival de Tecnologia, Educação e Ciência (Festic), trazendo uma série de prejuízos financeiros e pedagógicos para escolas públicas e a estudantes. A inciativa tem o objetivo de visibilizar a produção científica, tecnológica e cultural desenvolvida na rede pública de ensino e constitui uma atividade pedagógica e cultural com importante potencial inovador do ensino, da aprendizagem e da compreensão da prática científica no ambiente escolar.

O Festival seria realizado nos dias 24 e 25 de outubro, foi adiado para os dias 27 e 28 de novembro, e na última terça-feira (26) a SEE informou que o evento havia sido cancelado. Segundo uma professora, as escolas tiveram gastos, os estudantes se prepararam para apresentar e na véspera do evento a Secretaria cancela sem dar maiores informações.

O Governo do Distrito Federal disse apenas que teve alguns entraves burocráticos e que está se esforçando para que o Festival possa acontecer. “É um absurdo. Nós fizemos tantas coisas, nos esforçamos muito, nos preparamos e no dia de apresentar eles cancelam”, lamenta uma estudante.

Para a diretora do Sinpro Vanilce Cristina, a atitude do governo foi desrespeitosa. “Foi desrespeitosa a forma como a Secretaria de Educação tratou os professores e os estudantes, que se dedicaram para elaborar e apresentar seus trabalhos no Festic. Para além do gasto financeiro, criou-se uma expectativa que foi frustrada sem o mínimo de cuidado por parte da pasta”, lamentou a diretora.

Skip to content