RETROSPECTIVA 2020 | Começa a pandemia e aprofunda a luta do Sinpro pela vida

Nos dez primeiros dias de março, realizamos uma série de ações essenciais para garantir a valorização do profissional do magistério público e os direitos humanos. A primeira delas foi o ato que resultou na nomeação de 821 professores(as) aprovados(as) no concurso de 2016.

Mobilizamos para a greve nacional da categoria. Construímos o espaço para um debate organizado com gestores(as) a fim de fortalecer a gestão democrática.  Realizamos um ato pela vida das mulheres, contra o racismo, o machismo e o fascismo e estivemos presentes nas audiências públicas que debateram o Fundeb Permanente.

Em meados de março, começamos a viver a pandemia da Covid-19. O Sinpro-DF se posicionou, intransigente e imediatamente, em defesa da vida. Suspendeu os atos presenciais e passou a cobrar do Governo do Distrito Federal (GDF) a manutenção da suspensão das aulas e outras providências para conter o avanço do novo coronavírus. Em todo o mês, realizamos campanhas de conscientização para a sociedade sobre os riscos da pandemia e a necessidade dos cuidados para contenção da Covid-19.

Promovemos, nas mídias virtuais, o contato diário, virtual, com a nossa categoria. Incrementamos o TV Sinpro e lançamos o Saber Viver em Casa, ambos pela TV Comunitária. Realizamos, durante o ano, 90 edições que levaram informações, entretenimento, espaço de fala e escuta para a categoria e para os estudantes.

Realizamos cerca de 40 lives com temas variados e muita cultura. Tudo isso para nos mantermos presentes e conectados com a vida da nossa categoria durante o isolamento. Graças a nossa luta virtual, conseguimos caminhar na contramão do que aconteceu em outros estados e municípios e garantimos a manutenção dos empregos e dos salários de professores(as) em regime de contrato temporário.

Com essa luta evitamos a demissão de 11 mil professores(as) no momento que mais precisariam de seus empregos. Também nos somamos à greve geral pela educação e às ações pela aprovação do Fundeb Permanente realizadas, de forma inédita, virtualmente. Fortalecemos a luta nacional das centrais sindicais em defesa da Renda Emergencial para trabalhadores informais durante a pandemia.

O vídeo, a seguir, faz um resumo destes momentos. Confira.

Skip to content