Recuo do governo na reforma da Previdência é vitória dos trabalhadores brasileiros

A decisão do presidente da Câmara dos Deputados de suspender a votação da reforma da Previdência em 2018 representa uma grande derrota para o governo ilegítimo de Michel Temer e uma vitória importantíssima dos trabalhadores e do povo brasileiro, que vem se mobilizando incessantemente, movimento ao qual a APEOESP se somou desde o primeiro momento e do qual foi uma das protagonistas.
Entendemos que a decisão de fazer uma intervenção militar no Rio de Janeiro foi uma forma que o governo encontrou para poder recuar – pois criou uma situação legal que limita emendas constitucionais – tendo em vista que não teria votos suficientes e nem tem legitimidade para fazer essa reforma.
Se fosse aprovada, esta reforma inviabilizaria o direito à aposentadoria, representando um ataque sem precedentes à classe trabalhadora.
Sem dúvida uma vitória marcante a ser muito comemorada, sem perdermos de vista que estamos em luta contra um processo golpista que precisa ser interrompido, para que o país volte a trilhar o caminho do desenvolvimento, com distribuição de renda, justiça social e plena democracia.
Professora Bebel – Maria Izabel Azevedo Noronha
Presidenta da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo)
(APEOESP, 20/02/2018)

Skip to content