Prova de vida dos aposentados é suspensa por tempo indeterminado

Para colaborar com o isolamento social e evitar a propagação do novo coronavírus (COVID-19), o Instituto de Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev-DF) decidiu suspender por tempo indeterminado a prova de vida dos(as) servidores(as) públicos(as) aposentados(as) e pensionistas do Distrito Federal.

A decisão publicada nessa terça -feira (05), na Portaria nº 23 do Diário Oficial. O texto  argumenta que segue o decreto nº 40.520 que trata sobre as medidas de emergência de saúde no combate à pandemia, uma vez que o público-alvo da prova de vida é formado por pessoas com idade superior a 60 anos. A princípio a medida havia sido determinada até o dia 3 de maio, mas diante da necessidade de intensificar o combate ao coronavírus  a iniciativa foi prolongada.

Entretanto, a portaria ressalta que a suspensão não vale para aqueles  aposentados e pensionistas que não  fizeram o recadastramento e a prova de vida em 2019 . Nesses casos, os servidores deverão procurar o Banco de Brasília (BRB) e realizar a prova de vida mesmo nesses dias de quarentena ou, caso contrário, poderão ter o pagamento suspenso.

“Visando  garantir  a  saúde  e a segurança  de todos  os(as) aposentados(as),  cuja maioria  está no grupo de risco, estamos  atentos  a todas as informações possíveis  e alertamos  para  que tomem os devidos  cuidados para não se contaminarem”, alerta  Sílvia Canabrava, coordenadora da Secretaria para Assuntos de Aposentados do Sinpro-DF.

 

Skip to content