Protesto marca um ano da queda do muro do CED 04 de Taguatinga

Professores(as), estudantes, servidores(as), membros da comunidade escolar e a direção do Centro Educacional 04 de Taguatinga realizaram uma manifestação pacífica e pedagógica durante a manhã desta sexta-feira (16) com o objetivo de alertar as autoridades locais da necessidade de reconstrução do muro do CED 04. O muro do colégio caiu no dia 16 de março de 2017 e até o momento o Governo do Distrito Federal não fez nada. Segundo professores e pais de alunos, da forma como está o restante do muro o risco para todos que passam pelas proximidades do CED é muito grande.
Durante a manifestação, que teve a participação maciça da comunidade escolar, um bolo foi cortado para simbolizar o descaso do GDF e os presentes deram um abraço simbólico na escola. Para a estudante Ana Elisa, o governo deveria valorizar a educação e a segurança dos professores e estudantes da escola.
O Sinpro tem cobrado do GDF uma solução para o muro do CED 04, que hoje completa um ano de descaso. O Distrito Federal tem várias escolas públicas que precisam de uma reforma urgente, situação que acarreta riscos não somente para os(as) professores, orientadores(as) educacionais e servidores, mas para os estudantes e a comunidade.

Skip to content