Professores e orientadores aposentados cobram do governador o pagamento da pecúnia

Professores(as), orientadores(as) educacionais aposentados(as) e diretores do Sinpro-DF realizaram mais uma manifestação pelo pagamento da pecúnia da licença-prêmio. Durante a tarde desta segunda-feira (27) profissionais que se aposentaram em 2016 e 2017 foram até o Hospital Universitário de Brasília (HUB), local onde o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) participava de uma agenda oficial.
Durante a atividade os professores e orientadores, munidos de faixas e cartazes, cobraram o pagamento do benefício. Os aposentados, em parceria com a Secretaria de Assuntos dos Aposentados do Sinpro, vêm lutando desde 2015 para o pagamento da pecúnia, direito garantido pela Lei Complementar nº 840/2011. O desrespeito praticado pelo GDF tem prejudicado enormemente diversos profissionais que se aposentaram e que contam com este direito garantido por lei.
Sob a já surrada desculpa de falta de verbas, o Governo do Distrito Federal continua dando o calote nestes(as) servidores(as) da carreira magistério e desrespeitando a legislação vigente, que preconiza esse pagamento em até 60 dias após a aposentadoria. O Sinpro exige que o governo cumpra a lei, pague a pecúnia imediatamente e respeite os aposentados.

Skip to content