Privatizações e desmonte do Estado são destaques do Sinpro Entrevista de quinta (04)

O Sinpro Entrevista desta quinta-feira (04), às 20h, vai tratar de Privatizações e desmonte do Estado. Para falar um pouco mais do tema, a diretora do Sinpro-DF Rosilene Corrêa conversa com Amanda Corcino, presidente Sintec-DF; Kleytton Morais, presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília; João Antônio de Moraes, diretor do Sindicato Unificado dos Petroleiros de SP; e Rodrigo Rodrigues, presidente da CUT Brasília.

Desde o início do mandato de Jair Bolsonaro, o governo federal tem realizado uma série de ataques, como a tentativa de privatizar empresas importantes para o país, exemplo da Petrobras, do Banco do Brasil, da CEB e dos Correios.  A reforma Administrativa, na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, ataca o serviço público e os(as) servidores(as), prejudicando, diretamente, a população brasileira. Com a reforma, o Brasil terá menos educação, segurança, saúde pública, investimento em geração de emprego e renda, saneamento básico, luz, água e esgoto, direito à moradia, enfim, menos todos os direitos fundamentais, que serão mercantilizados, privatizados e reduzidos ao mínimo, como ocorreu no Chile e em outros países que tiveram de reestatizar suas empresas, como EUA, Inglaterra e outros.

O programa poderá ser visto, ao vivo, nos canais do Sinpro no Youtube e Facebook.

MATÉRIA EM LIBRAS

Skip to content