PRIVATIZAÇÃO PREVIDENCIÁRIA – Uma avaliação crítica do modelo chileno

A proposta de reforma da previdência social encaminhada pelo governo Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional prevê a criação de um novo regime de contribuição, por meio da implantação de um sistema de capitalização, que tem como uma das fontes de
inspiração o modelo chileno, adotado pelo governo ditatorial de Augusto Pinochet. Neste texto, serão apresentadas as principais características da Previdência Social chilena, além de uma resenha crítica ao modelo, elaborada com base na dissertação de
mestrado de Camila Cordeiro Andrade Gripp, estudiosa do tema.
Clique aqui e confira o artigo na íntegra.
Skip to content