Nova proposta da Prefeitura de Formosa desagrada funcionalismo

Em assembléia na sexta-feira (11), por unanimidade, os servidores de Formosa reprovaram a proposta apresentada pelo governo local, que mais uma vez não atende às necessidades dos trabalhadores.
Novamente, o prefeito Itamar Barreto (PTB) voltou a repetir a mesma oferta à categoria, apenas com a inclusão de uma gratificação de 10% para os trabalhadores de higiene e alimentação. A prefeitura manteve sua proposta inicial de reajuste de 10% no piso dos professores que recebem abaixo de R$ 2 mil e gratificação de 20% aos servidores operacionais. A oferta não representa ganho efetivo e não corresponde à pauta trabalhista de reajustes previstos em lei.
As principais reivindicações dos trabalhadores são o reajuste retroativo a todo ano de 2015, o cumprimento do piso nacional do Magistério e negociação da pauta de reivindicações relativa à data-base/2016.
O Sinprefor – sindicato que representa a categoria – solicitará uma nova mesa de debate para buscar propostas que contemplem o funcionalismo. A greve dos servidores municipais completa 53 dias e os trabalhadores continuam firmes na busca por avanços.
O próximo ato está marcado para esta terça (15), às 15h, na praça da prefeitura.

Skip to content