Motoristas da presidência da República pressionam e patrões abrem negociação

Motoristas terceirizados da empresa Brunauto Transportes, que prestam serviço para a presidência da República, realizaram ato na manhã desta quarta-feira (28), em frente à garagem do órgão, para reivindicar reajuste salarial e plano de saúde. Diante da pressão dos trabalhadores, a empresa se comprometeu a apresentar contraproposta às reivindicações dos motoristas na próxima quarta-feira (4).
“Essa nossa reivindicação é da Campanha Salarial de 2014 e, até hoje, a empresa não negociou. Os trabalhadores estão com os salários defasados. Não recebem reajuste há quase dois anos e a empresa continua omissa. Por isso, todos os motoristas que estavam escalados no horário do ato participaram do protesto”, explica o dirigente do Sindicato dos Rodoviários, Saul Araújo.
Os 260 motoristas de carros oficiais reivindicam reajuste salarial de 20%, índice que deverá incidir sobre as demais cláusulas econômicas do Acordo Coletivo de Trabalho, além da inclusão de plano de saúde.

Skip to content