Faça já sua inscrição para o X Concurso de Redação e Desenho do Sinpro-DF

As inscrições para o X Concurso de Redação e Desenho do Sinpro-DF ainda estão abertas e o prazo para se inscrever vai até o dia 29 de março. Confira no final deste texto os links para a inscrição, o regulamento e para as folhas de redação e desenho. O concurso integra a campanha permanente e pedagógica intitulada “Quem bate na escola maltrata muita gente”, iniciada em 2008, para suscitar a reflexão sobre as causas e as consequências da violência na escola e para buscar soluções.

O X Concurso de Redação e Desenho do Sinpro-DF irá abordar, em 2019, a violência contra a mulher. Por isso, o tema é “Feminicídio: ato final da violência doméstica”. Em 2015, foi sancionada a Lei do Feminicídio. Doze anos antes, em 2003, foi sancionada a Lei Maria da Penha. Contudo, a violência contra a mulher continua cada vez mais forte. Segundo pesquisas divulgadas em 2018, no Mapa da Violência, o Brasil registrou 13 mulheres assassinadas por dia, quase cinco mil sentenças e casa da vítima como local mais perigoso, onde os crimes mais acontecem.

Na história do mundo, a mulher chegou a ser considerada algo sem alma, ou um “não-ser”. E, hoje, apesar da conquista de espaços social e de poder, ela permanece vítima do patriarcado e do machismo. No DF, por exemplo, de janeiro a agosto de 2018, 20 mulheres sofreram feminicídio. Números da Segurança Pública revelam pior face do machismo: nos primeiros 30 dias de 2019 foram registrados quatro feminicídios, oito tentativas e 1.242 casos de violência doméstica no Distrito Federal.

O Mapa da Violência mostra que a maior parte das agressões e assassinatos ocorre na casa da vítima. O clima de violência doméstica reflete na vida acadêmica do(a) estudante e, consequentemente, na escola. Para o Sinpro-DF, a escola é o local de desconstrução dessas relações de gênero opressoras, de combate ao feminicídio e de formação de pessoas na cultura de paz, liberdade, respeito, igualdade.

É neste contexto que os(as) estudantes inscritos deverão apresentar redações ou desenhos que remetam à discussão sobre o feminicídio, por exemplo, motivos, consequências e soluções para este problema e como a escola pode influenciar para uma cultura da paz, de combate à misoginia e outros crimes de gênero. Dentre as milhares de formas de violência, o feminicídio é um dos piores deles. As mulheres são assassinadas com requintes de crueldade, o que demonstra a característica misógina do crime.

As inscrições estão abertas para estudantes da Educação Infantil, de 4 e 5 anos de idade, até o Ensino Médio. As redações e os desenhos poderão ser encaminhados até o dia 29 de Março à sede ou às subsedes ou, ainda, às escolas e deixadas à disposição dos diretores do sindicato, que irão buscá-las até a data limite. Cada participante deverá fazer sua inscrição no site do sindicato, porque será gerado um código de identificação, o qual deverá ser usado para preencher a Folha da Redação ou a Folha de Desenho. Essas folhas também serão disponibilizadas pelo Sinpro-DF. Importante lembrar que nem a redação nem o desenho serão aceitos em outro tipo de folha.

Os prêmios serão distribuídos para estudantes vencedores(as) e professores(as) ou orientadores(as) educacionais indicados(as) pelos(as) participantes. É importante observar que os(as) professores(as) que fazem parte da Comissão Julgadora não podem ser indicados(as) pelos(as) estudantes. Formada por professores(as) e orientadores(as) educacionais da rede pública de ensino, a Comissão receberá os trabalhos sem identificação da escola, do nome do estudante ou do professor que orientou o trabalho para garantir a transparência do processo.

Os(as) estudantes da Educação Infantil, do CEE e classes especiais, bem como os(as) matriculados(as) do 1º ao 3º ano do ensino fundamental/EJA expressarão sua opinião por meio de desenho. Os(as) estudantes do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental/EJA e do Ensino Médio/EJA, por sua vez, poderão optar no formato de redação ou desenho (será considerado, apenas uma opção de escolha). As inscrições devem ser feitas via internet para que o(a) inscrito obtenha o código de participante, o qual será utilizado na Folha de Redação como único instrumento de identificação do trabalho.

O concurso é destinado aos(às) estudantes da rede pública de ensino, que poderão participar com apenas um trabalho. No entanto, professores(as) ou orientadores(as) educacionais poderão trabalhar com vários estudantes. Assim, o(a) mesmo(a) professor(a) poderá ser indicado(a) por vários(as) estudantes e, caso isso aconteça, poderá ser premiado mais de uma vez.

Para mais esclarecimentos, veja o Regulamento do concurso no site www.sinprodf.org.br ou pelo telefone 3343-4230. Confira abaixo os links com todo material necessário. Confira os links a seguir:

Skip to content