II Seminário por uma Educação Antirracista e sem LGBTfobia nas Escolas

O Sinpro, por meio da Secretaria de Assuntos de Raça e Sexualidade, abre as inscrições para o II Seminário por uma Educação Antirracista e sem LGBTfobia nas Escolas, que acontecerá nos dias 15 e 16 de setembro, na sede do sindicato. Para participar, acesse o link e faça a sua inscrição.
O seminário coloca em debate a construção de uma educação que vise a formação de cidadãs e cidadãos críticos, éticos e que respeitem as liberdades individuais, princípio fundante da luta de classes. Esse processo requer de todos uma reflexão permanente de nossa prática pedagógica e de nossas ações como seres integrantes dessa engrenagem, que é a educação pública.
A partir deste debate, o Sinpro espera contribuir para a garantia da implementação plena da Lei nº 10.369, que traz luz ao Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e indígena nas escolas. “Queremos ver nossas escolas livres das mordaças que impeçam educandos e educadores de dialogarem temas que estejam presentes na comunidade escolar e na sociedade, pois só assim teremos uma sociedade livre do racismo e da LGBTfobia”, analisa a diretora do Sinpro Elbia Pires.
Confira a programação do evento:
SEXTA-FEIRA – 15/09/2017
19h Credenciamento
19h30 MESA DE ABERTURA
SINPRO Diretoras da Secretaria de Raça e sexualidades
CNTE Secretária de combate ao Racismo, Secretário de diversidade
CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS Presidente do conselho de Direitos humanos de DF
20h PALESTRA MASTER: Transexualidade e o exercício do magistério.
Palestrante: Fran Demétrio Mulher trans. Ativista. Membro do Coletivo De Trans Pra Frente (Salvador-BA). Doutora em Saúde Coletiva – ISC/UFBA. Professora Adjunta do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB. Líder e coordenadora do (co)Laboratório Humano de Estudos, Pesquisa e Extensão Transdisciplinares em Integralidade do cuidado em Saúde e Nutrição, Gêneros e Sexualidades – LABTRANS/UFRB/CNPq.
21h30 Coquetel.
 
SÁBADO – 16/09/2017
8h Credenciamento Café da manhã.
8h30 Mesa 01
Palestra: Relações étnicos raciais e o sindicalismo na educação.
Palestrante: Roseane Ramos Silva – Secretária de Igualdade Racial do Sintego; Secretária de Combate ao Racismo da CUT -GO e Coordenadora Pedagógica do Centro de Referência Negra Lélia Gonzales.
Palestra: Movimento LGBT, educação e sindicalismo.
Palestrante: Christovam Mendonça – Diretor de Direitos Humanos da CNTE.  Mestrado em Ciências das Religiões pela FUV. Especialização em Literatura e Língua Portuguesa pela Universidade Castelo Branco.
10h Intervalo
10h15 MESA 02
Palestra: LGBTfobia na sala de professores: discriminações, violências, resistências.
Palestrante: Alexandre Magno Brito – Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília e Especialista em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça pela Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (2014). Atua como professor de história no Centro de Ensino Fundamental 01 de Planaltina, onde idealizou o Projeto “Diversidade na Escola” (que possui dois prêmios nacionais e uma indicação a uma premiação internacional em relação ao trabalho com as temáticas de gênero, étnico-raciais e de inclusão no ambiente escolar).
Palestra: Protagonismo das mulheres negras.
Palestrante: Natália Maria Alves Machado – Pesquisadora, assessora de projetos, comunicadora e articuladora político-social. Mais de uma década na avocacy nacional e internacional em Direitos Humanos em diversas temáticas, entre elas: Gênero, Raça-Etnicidade e Saúde. Formação em Ciências Sociais com habilitação em Antropologia pela Universidade de Brasília – UnB.
12h Almoço
13h30 Mesa 03
Palestra: LGBTfobia na Vida e na Saúde dos educandos.
Palestrante: Andrey Roosewelt Chagas Lemos Presidente da União Nacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais UNALGBT. Coordenador Nacional LGBT da União de Negros Pela Igualdade – UNEGRO.
Palestra: O ensino da História Afro-brasileira na Rede Pública do DF – desafios e perspectivas.
Palestrante: Ulisses Oliveira da Mota – Professor de História da SEDF, atualmente no CEF 507 de Samambaia. Graduado em História pelo UniCeub. Como Trabalho de Conclusão de Curso fez uma reflexão sobre os desafios e possibilidades da aplicação da Lei 10.639/03 na sala de aula. Estudante de Pós-Graduação pelo UniCeub com especialização em História, Sociedade e Cidadania com foco na Ocupação das terras do Sul do Maranhão. 
15h30 – Intervalo
15h45 mesa 04
Palestra: Relação das famílias de educandos LGBTs com o sistema educacional.
Palestrante: Mônica Monteiro – Coordenadora do Grupo Mães pela Diversidade Brasília. Mestre em Psicologia do Desenvolvimento Humano no Contexto Sócio-cultural/UnB, Especialista em Educação/UnB, Licenciada em Música/UnB. Foi professora da CEP/Escola de Música de Brasília. Lecionou na Faculdade de Educação/UnB, UNICEUB, AEUDF e Faculdade de Arte Dulcina de Morais. Atua na elaboração, gerenciamento e produção de projetos nas áreas de educação e cultura.
Palestra: Educando para o combate ao racismo.
Palestrante: Anatalina Lourenço – Socióloga formada pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), com especialização em educação (Parâmetros curriculares) pela Universidade estadual de Campinas (UNICAMP). É professora da rede pública estadual e municipal de educação de SÃO PAULO. Já coordenou o coletivo antirracismo da CUT São Paulo bem como atuou e atua no coletivo antirracismo da CNTE. Atualmente preside o Fórum Estadual de Educação e Diversidade étnico-racial (FEDER_SP) de São Paulo e compõe a diretoria da (APEOESP) Sindicato dos professores da rede estadual.
17h30 Encerramento.

Skip to content