GDF cria comércio de notas e adota pedagogia da ditadura militar na rede pública de ensino

Em vez de oferecer uma educação pública, gratuita, de qualidade e emancipadora, o Governo do Distrito Federal (GDF) pôs em curso um projeto completamente diferente. O governador Ibaneis Rocha (MDB) segue a mesma linha de demolição da educação pública do governo federal.

Em artigo intitulado Trabalho escola, disciplina e regimento escolar da rede pública de ensino do DF: incoerências e contradições, as professoras Edileuza Fernandes Silva, da SEEDF e da UnB, e Enílvia Morato Soares, da SEEDF-GEPA, criticam as acões do GDF para a educação e apontam os prejuízos que tais medidas irão causar no ensino e na aprendizagem.

Confira a seguir o texto na íntegra:

Trabalho escola, disciplina e regimento escolar da rede pública de ensino do DF: incoerências e contradições

Skip to content