GDF anuncia nomeações, mas número irrisório não contempla carência da rede

Nesta terça-feira (20), o Governo do Distrito Federal (GDF) anunciou a nomeação de 200 professores(as) para ocuparem o quadro de concursados efetivos e outros 300 temporários.
Os futuros servidores efetivos foram aprovados no certame para a Secretaria de Estado de Educação (SEDF) do ano de 2016 e  aguardavam a nomeação há quase dois anos.
Entre as áreas de atuação dos docentes estão artes, biologia, ciências naturais, filosofia, física, geografia, história, espanhol, inglês, língua portuguesa, matemática, química, sociologia, ciências naturais. Os professores terão a carga horária de 40h.
O Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF), parabeniza os convocados, porém, ressalta que, em tese, a medida ainda não pode ser comemorada. Isso porque a nomeação representa um número muito pequeno em relação ao déficit existente no sistema de ensino público do DF. Atualmente, há carência de mais de 3 mil professores concursados.
Essa lacuna precariza o serviço e o bom funcionamento da SEDF. Exemplo disso, faltam tantos professores(as) que a SEDF estourou o número de contratações temporárias permitidas pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

A reposição do quadro de professores nunca foi tão precária e a situação pode piorar ainda mais uma vez que, somente este ano, estão previstas mais de 1500 aposentadorias. Além disso, a expectativa é receber 80 mil novos alunos em 2020.

Sinpro na luta para garantir as nomeações

O Sinpro se reuniu nessa segunda-feira (19) com os(as) professores(as) aprovados(as) no último concurso público e que ainda não foram nomeados(as). Durante o encontro, a categoria traçou um calendário de mobilizações e atividades para pressionar o governo a nomear os aprovados.
O governador Ibaneis Rocha (MDB) anunciou na imprensa que até o final de 2019 contratará 1,5 mil novos professores(as) que vão atuar na rede pública de ensino.
Mesmo assim, o Sinpro cobrará um calendário de nomeações para zerar o Cadastro Reserva e seguirá atento e na luta para que todos os aprovados sejam efetivados o quanto antes.

Confira abaixo o documento na íntegra:

Nomeações de professores20.08.19

 

Skip to content