Estudantes do CED Agrourbano mostram que gratidão pode ser demonstrada com pequenos atos

A pandemia da COVID-19 impôs ao mundo um novo ritmo de vida, uma nova dinâmica para o dia-a-dia e um reaprendizado para tarefas simples e até mesmo as mais complexas. Esta nova realidade trouxe a todos(as) uma necessidade de se reinventar para suprir algumas deficiências e preencher muitas lacunas. E para mostrar que a distância não é obstáculo suficiente para demostrar gratidão e respeito, estudantes do 6° ano do Centro Educacional Agrourbano mostraram que gratidão pode ser demonstrada com pequenos atos.

Cansados de participarem das aulas pelo Meet sempre com as câmeras desligadas, estudantes do CED combinaram com os(as) colegas uma surpresa para os(as) professores(as). Durante a aula, um dos estudantes pediu para o professor contar até três e em seguida todos(as) os(as) estudantes ligaram as câmeras e apresentaram mensagens de agradecimento aos(às) educadores(as).

A homenagem sensibilizou os(as) professores(as), que não esperavam pela surpresa. “Isto partiu de uma aluna o 6° ano, por ver que os professores davam as aulas para uma tela somente com os nomes dos colegas. A partir daí ela combinou com a turma de abrir a câmera e demonstrar todo agradecimento pelas aulas, pelo acompanhamento neste momento de pandemia e fizeram isto para cada professor durante uma semana”, explicou uma das professoras do CED.

Às vésperas do Dia dos Professores, atitudes como esta mostram que a educação pode mudar o mundo, transformando-o em algo melhor.

Skip to content