Escolas de Sobradinho marcam passagem do Dia do Surdo

Estudantes surdos/DA, da EC 15 e do CEM 1 (EJA – 1°segmento) de Sobradinho – participaram de atividades muito especiais para marcar a passagem do Dia Nacional do Surdo, oficialmente em 26 de setembro. Cada escola preparou um evento, porém com o mesmo foco.
CEM 1 – No caso dos estudantes do CEM 1, a ideia foi reuni-los para haver interação e troca de experiências entre eles, através da comunicação oral e em língua de sinais (LIBRAS), em atividades extra-classe – como a confraternização – com o intuito de fortalecimento da linguagem e do sujeito no processo de inclusão dentro e fora do ambiente escolar



De acordo com a professora Ana Paula Braga Reis, “fizemos uma caminhada da escola para a sorveteria com os alunos da EJA, onde foi oferecido pela dona do Chiquinhos lanches, sorvetes e o espaço para a comemoração do Dia do Surdo. Eles levaram balões azuis pelo caminho, sinalizando a cor do Setembro Azul e ressaltando o orgulho surdo e a importância da comunicação. Os professores lhes deram parabéns e enfatizaram também a cultura surda, os pontos positivos, as lutas e principalmente os ganhos que os surdos/ deficientes auditivos tiveram ao longo do tempo. Assim como os avanços na comunicação e no sistema educacional. Foi falado também da semana da pessoa com deficiência e dos desafios no mercado de trabalho, mas além de tudo, da confiança, insistência e coragem dos alunos em driblar todas as dificuldades para alcançarem seus objetivos de forma contínua, no mundo cada vez mais competitivo. Foi uma aula de cidadania num ambiente fora do cotidiano da maioria, onde todos compreenderam a necessidade da luta diária e da inclusão. Foi emocionante!”
EC 15 – Marcando também o Dia do Surdo, mas em evento separado, as crianças da EC 15 realizaram oficinas de artesanato também fizeram uma confraternização na própria escola.

Skip to content