Diretores(as) devem conferir as carências do Concurso de Remanejamento 2018

A Secretaria de Educação do Distrito Federal divulgou nesta sexta-feira (29) as carências do Concurso de Remanejamento 2018. O procedimento de remanejamento é extremamente complexo e para que ele funcione com o mínimo de erros, é necessário um empenho de todas as pessoas envolvidas no processo. Para evitar que os professores e orientadores educacionais que estejam participando do remanejamento bloqueiem carências que não existam, o Sinpro solicita que todas as direções de escola verifiquem, pelo SIGEP, a situação da sua escola no Concurso de Remanejamento.
É importante que os participantes confiram se as carências apresentadas de fato existem ou se as carências que deveriam ser ofertadas não estão apresentadas. Para qualquer destas situações de divergência, a direção da escola poderá abrir recurso no próprio SIGEP solicitando a correção, ou procurar a sua CRE o mais rápido possível. Com estes procedimentos as direções de escola vão garantir uma maior precisão no remanejamento.
O Sinpro também solicita a todos os professores e orientadores que enviem esta matéria para as direções de suas escolas.

Skip to content