Dia da Mulher é celebrado durante Encontro de Funcionários da Educação

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, na última terça-feira, 08 de março, foi realizada uma mesa temática durante a programação do encontro de Funcionário/as da Educação.
As diretoras da CNTE Isis Tavares Neves, Secretária de Relações de Gênero, e Selene Michelin Rodrigues, Secretária de Assuntos Municipais da entidade, apresentaram o vídeo intitulado “Ciranda das Loucas”, baseado na obra homônima da professora Juçara Dutra Vieira, ex-presidenta da CNTE. O vídeo, de aproximadamente 10 minutos, ilustra o poema que resgata a memória e homenageia feministas de diferentes gerações que marcaram a luta pelo empoderamento da mulher.
Outro ponto de destaque durante a mesa foi o lançamento da Revista Mátria para os participantes. Esta é a 14ª edição do veículo e neste ano destaca os 10 anos da lei Maria da Penha. Na reportagem de capa, depoimentos de vítimas de todas as regiões do País reforçam a importância de uma legislação específica para punir os agressores que estão dentro de casa. A matéria traz uma análise do impacto da violência no mundo do trabalho, informações sobre a 4ª Conferência de Políticas para as mulheres e uma reflexão sobre as reações machistas ao tema da redação do último Enem: “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”.
De acordo com Isis Tavares, a Mátria, como sempre, está cheia de temas para as pessoas debaterem não só na escola, mas na sociedade em geral. “Eu destacaria essa questão do ano do retrocesso que foi 2015, e a nossa luta, a luta das mulheres, a luta dos movimentos sociais pela democracia, sendo que as mulheres foram extremamente perseguidas, as nossas conquistas, todas, elas foram muito atacadas, tivemos alguns retrocessos, mas também tem uma coisa importante que é os 10 anos da Maria da Penha, que é uma lei que pegou, independentemente de ter aumentado o número de casos, justamente por isso”, afirma.

Skip to content