COPOM precisa mudar a política de juros altos para o Brasil voltar a se desenvolver

Manter inalterada a taxa básica de juros da economia brasileira, atualmente em 14,25% ao ano, a maior em quase uma década, pode tornar cada vez mais difícil e distante a recuperação de nossa economia.
Juros altos significam menos emprego e renda para os trabalhadores, menos vendas para o comércio e empresas do setor produtivo e, por outro lado, aumentam os lucros dos banqueiros e especuladores financeiros. Essa política equivocada concentra a renda cada vez mais nas mãos de poucos.
A CUT espera que o Comitê de Política Monetária (COPOM) analise esse aspecto, essencial para o país voltar a se desenvolver, quando for tomar a decisão nesta quarta-feira (2).
Para a CUT é urgente a redução drástica da taxa de juros para que a economia saia o mais breve possível da recessão, volte a gerar emprego e renda, e retome de forma consistente o caminho do desenvolvimento com distribuição de renda. A política econômica precisa estar a serviço do povo brasileiro.

Skip to content