Começa, nesta segunda (17), edição 2020 das Jornadas do Patrimônio DF

O evento começa nesta segunda-feira (17/8), das 17h às 19h, com o seguinte tema “A Escola como Patrimônio Cultural no Distrito Federal e o dia do Patrimônio Cultural”. Confira a programação no final deste texto. As Jornadas do Patrimônio DF são um conjunto de atividades que têm como meta a construção e o fortalecimento da Educação e do Patrimônio Cultural, por meio da Educação Patrimonial.

Para a edição de 2020, dado o contexto de enfrentamento da pandemia da Covid-19, as Jornadas do Patrimônio no Distrito Federal foram planejadas em formato que faz uso de tecnologias digitais e de redes sociais.

Todos os eventos serão transmitidos pelas redes sociais da Secretaria de Estado da Educação do Distrito Federal (SSEEDF), especialmente, pelo canal da EAPE no You Tube, exceto a Audiência Pública Remota da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), que será transmitida pela TV Web CLDF e por canais próprios da CLDF.

A transmissão do evento será aberta a professores(as), estudantes, técnicos(as), especialistas e outros(as) interessados(as). Haverá emissão de declaração de participação para os primeiros 200 inscritos em cada atividade. O link para inscrição será divulgado apenas durante a atividade e fechado ao término da transmissão ou assim que as 200 vagas forem preenchidas.

Ajudem-nos a divulgar essas importantes atividades nos seus círculos profissionais e de amizades. Confira o convite com a programação geral e do dia 17/08 a seguir.

Convite – Jornadas do Patrimônio DF 2020
À mídia, às instituições públicas, aos artistas, aos estudantes, aos profissionais do conhecimento, aos movimentos culturais, às instituições de direito privado e aos moradores do Distrito Federal

Tema:  participação e divulgação das Jornadas do Patrimônio DF 2020

Em agosto, começam as Jornadas do Patrimônio do Distrito Federal. Promovidas por diversas instituições e realizadas, anualmente, desde 2013, a edição deste ano será diferente. No percurso dos próximos meses, diversas atividades ocorrerão remotamente com transmissão ao vivo no YouTube. Mais do que nunca, entendemos ser necessário criar formas alternativas de discussão e comunicação seguras neste período de pandemia.  

As Jornadas do Patrimônio foram instituídas, conjuntamente com o dia do Patrimônio Cultural no calendário escolar e de eventos oficiais, pela Lei Distrital Nº 5.080, de 11 de março de 2013. O objetivo das Jornadas é permitir que especialistas e profissionais da educação e do patrimônio cultural compartilhem seus conhecimentos e aprendizados com um propósito em comum: a valorização da diversidade cultural do Distrito Federal. Seminários, mesas-redondas, palestras, apresentações de textos e artigos científicos compõem as  principais atividades científicas e culturais do evento.

Na realização das Jornadas do Patrimônio de 2020, estão presentes as Secretarias de Educação (SEEDF),  de Cultura e Economia Criativa (SECEC) e de Turismo (SETUR) do Distrito Federal, a Revista Com Censo (SEEDF), a Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no DF (IPHAN-DF), a Universidade de Brasília (UnB), o Instituto BRB, a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e demais parceiros da sociedade civil que desenvolvem trabalhos sobre educação patrimonial e patrimônio cultural. 

Para a organização do evento, a participação de numerosas instituições, pertencentes a diferentes esferas de atuação, deixa evidente que o poder público e a sociedade civil são capazes de ampliar e qualificar, coletivamente, o debate sobre a educação e o patrimônio cultural, mesmo em tempos tão desafiadores. Diante desse contexto, lançamos nossos esforços e perspectivas para entendermos como o patrimônio cultural, especialmente, a sua dimensão afetiva,  pode contribuir para a formulação de perguntas e respostas sobre esse novo contexto social que se estabelece com a pandemia.

Assim, realizamos esse convite:

  • À mídia – sabemos que uma boa comunicação e o acesso a informações de qualidade são direitos humanos essenciais para a melhoria da consciência pública, da nossa vivência democrática e de nossa atuação cidadã. O objetivo das Jornadas é fortalecer a comunicação da população do Distrito Federal com a dimensão da cultura por meio da socialização de conhecimentos e trocas de experiências em patrimônio cultural e educação patrimonial. A apropriação de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade é um desafio que se coloca a todos moradores do Distrito Federal e a mídia pode colaborar muito nessa missão.
  • Às Instituições públicas – é dever do poder público zelar, cuidar, proteger, preservar, resguardar, fomentar e promover os bens materiais e imateriais que dão subsídio à manutenção de nossa sobrevivência, história, identidade e memória, além de proporcionar os meios necessários para que todos sejam conhecedores e detentores do patrimônio cultural brasileiro. Essas questões são transversais a qualquer finalidade e atividade específica do serviço público. Sendo assim, convidamos o setor público distrital e federal para colaborar nesse compromisso. 
  • Aos Artistas – os consideramos como essenciais para o processo de transformação positiva de nossa sociedade pautado na cultura e na educação. A sensibilidade de um artista pode contribuir muito para a o processo de reconhecimento e ampliação da nossa consciência a respeito do patrimônio cultural local, distrital, nacional e mundial. Se apropriem desse movimento e que juntos possamos dar continuidade às Jornadas do Patrimônio DF.
  • Aos profissionais do conhecimento – respeitamos muito todos as profissões que têm como base e são mediadas pelo conhecimento científico e possuem compromisso com a transformação social por meio deles. Assim, a participação de professores da Educação Básica e do Ensino Superior, pesquisadores, arquitetos, urbanistas, geógrafos, historiadores, museólogos, turismólogos, guias de turismo e os demais profissionais compromissados com a educação e a cultura é fundamental para a defesa das Jornadas do Patrimônio que queremos fortalecer no Distrito Federal. 
  • Aos Movimentos culturais – a maioria das manifestações culturais populares toma corpo e chega aos diversos sujeitos da nação por meio dos movimentos culturais. Esses movimentos captam, dão continuidade e são capazes de propor novos rumos para a nossa sociedade. Queremos que as mais variadas formas de organizações culturais do Distrito Federal se apropriem e tornem parte desse importante evento cultural e científico distrital.
  • Às Instituições de direito privado – os objetivos previstos na constituição das Jornadas do Patrimônio DF somente se concretizam em sua plenitude se tivermos a participação efetiva  da sociedade civil organizada, instituições filantrópicas, comunitárias, Organizações Não-Governamentais (ONGs) e outras instituições de direito privado que versam sobre a educação e o patrimônio cultural. 
  • Aos moradores do Distrito Federal – a efetivação prática de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade e o reconhecimento dos diversos bens materiais e imateriais do Distrito Federal somente pode ser possível a medida que a população se apropria e amplia a sua consciência a respeito do patrimônio cultural local e o que o conecta com o patrimônio brasileiro e mundial. As Jornadas também são da população do Distrito Federal a ela prestamos toda a reverência.
  • Aos demais interessados em cultura e educação, especialmente, em educação patrimonial e patrimônio cultural reforçamos a nossa abertura ao diálogo, socialização e troca de experiências com todos os sujeitos atraídos pela relevância social e temas abordados por esse evento cultural e científico. 

A programação do evento contemplará temáticas que abrangem as muitas facetas do patrimônio cultural:

  • 17/08 – 17h  às 19h: A Escola como Patrimônio Cultural no Distrito Federal;
  • 25/08 – 19h às 21h: Reflexões Sobre o Turismo Pedagógico em Brasília;
  • 31/08 – 19h: Audiência Pública Remota da Câmara Legislativa do Distrito Federal – CLDF com a finalidade de debater os rumos e perspectivas de nosso Patrimônio Cultural Material, Imaterial, Humano e Natural e de render homenagem a personagens e instituições da História, da Cultura e da Educação do Distrito Federal, à luz dos 60 anos de existência da Capital do Brasil;
  • 01/09 – 19h às 21h: O Distrito Federal no Contexto dos 60 anos de Brasília;
  • 17/09 – 10h às 12h: Patrimônio Imaterial e Cultura Popular – Lançamento do Catálogo de Mamulengos do Distrito Federal;
  • 08/10 – 19h às 21h: A Educação Patrimonial e Museal no Distrito Federal. Dia do Patrono da Educação – Paulo Freire;
  • 22-23/10: Retransmissão do Conferência Internacional Educação Patrimonial em Ação – Horário conforme programação do Evento e horário Oficial de Portugal;
  • 27/10 – 19h às 21h: Gestão do Patrimônio do Distrito Federal;
  • 05/11 – 19h às 21h: Patrimônio Cultural e a Educação Patrimonial na Nova Normalidade. Dia da Cultura e aniversário de Aloísio Magalhães;
  • 19/11 – 19h às 21h: Quem faz patrimônio Cultural no Distrito Federal? Lançamento do livro “Ceilândia, minha quebrada é maior que o mundo”;
  • 26/11 – 19h às 21h: Patrimônio e Educação em Perspectivas.

Todos os eventos serão transmitidos pelas redes sociais da SEEDF, especialmente,  pelo canal da EAPE no YouTube, exceto a Audiência Pública Remota da Câmara Legislativa do Distrito Federal que será transmitida pela TV Web CLDF e canais próprios da CLDF. Haverá emissão de declaração de participação para os primeiros 200 inscritos em cada atividade. O link para inscrição será divulgado apenas durante a atividade e fechado ao término da transmissão ou assim que as 200 vagas forem preenchidas.

Por essa razão, reforçamos a importância desse evento cultural para a Educação Patrimonial, para o patrimônio cultural e para a valorização da história do Distrito Federal e convidamos os mencionados neste convite para participarem e divulgarem, gratuito e solidariamente, essas atividades públicas e coletivas. 

Como suporte à veiculação de informações adequadas, sólidas e precisas a respeito das Jornadas do Patrimônio DF 2020 disponibilizamos o acesso à pasta compartilhada do Google Drive “Jornadas do Patrimônio DF 2020 – Divulgação” e especialmente aos seguinte documentos: “Convite à mídia, ao setor público, privado e à sociedade civil do Distrito Federal”; “Conheça a organização e as Instituições Parceiras”; Programação – síntese”; “Programação – eventos específicos”; “Informes de suporte à mídia”; “Chamada das Jornadas”. Convidamos para que acompanhem em tempo real a “Publicações na mídia e em meios oficiais” e os “registros dos eventos (em andamento)”. 

Desde já agradecemos, cordialmente, a leitura deste convite. Para contato disponibilizamos o e-mail jornadasdopatrimoniodf@gmail.com. Redes sociais: Página no Facebook e Perfil no Instagram.

Organização Geral do evento

  • Rodrigo Capelle Suess (SEEDF)
  • Vanessa Nascimento Freitas (SEEDF)
  • Luís Fernando Celestino da Costa (SEEDF)
  • Ana Carolina Lessa Dantas (Iphan-DF)
  • Vinicius Prado Januzzi (Iphan-DF)
  • Luísa Helena Figueiredo Villa-Verde (CLDF)
  • Ivanna Sant’Ana Torres (CLDF)
  • Eloisa Nascimento Silva Pilati (UnB)
  • Daniela Zambam Rodolfo (SECEC)
  • Beatriz Coroa do Couto (SECEC)
  • Alessandra Lucena Bittencourt (SECEC)

 

Skip to content