Campanha Salarial | Sinpro espalha outdoors em todo o DF

Várias regiões administrativas do Distrito Federal amanheceram nesta quarta-feira (9/3) com outdoors do Sinpro anunciando a campanha por recomposição salarial da categoria. Em assembleia geral no último dia 22 de fevereiro, a categoria aprovou uma série de pautas a serem discutidas em assembleias regionais:

1 – Perdas financeiras:

Recomposição salarial e do vale-alimentação

Pagamento do reajuste 2015 (parcela)

Pagamento do referido reajuste com respectivos valores retroativos a setembro/2015

Cumprimento da Meta 17 do PDE (isonomia com as demais carreiras de nível superior)

2 – Realização de concurso público para profissionais das carreiras magistério e assistência

3 – Precarização da carreira magistério com mais de 1/3 de professores em contrato temporário

4 – Nomeação e novo concurso para monitores e monitoras

5 – Pagamento do PDAF em dia

6 – Salas de aula superlotadas

7 – Desmonte da educação inclusiva e especial

8 – Desmonte da EJA

9 – Novo Ensino Médio

10 – Transferência de recursos públicos para o homeschooling

11 – Covid-19 e ajustes sanitários

Os outdoors são mais uma forma de pressão do sindicato para demonstrar ao governo nossa força e poder de mobilização e demonstrar à sociedade não só os prejuízos financeiros da categoria, como também os prejuízos sofridos pela educação pública do GDF nos últimos anos.

Aos outdoors, juntam-se a série de assembleias regionais que o Sinpro realiza para discutir com a categoria todas as pautas de reivindicações. As assembleias regionais ocorrem nos dias 10, 15, 17 e 22 de março (horários e locais disponíveis aqui), e nova assembleia geral, com paralisação, no dia 24 de março.

O pagamento da última parcela devida pelo GDF à categoria é insuficiente diante dos prejuízos acumulados em sete anos de salários congelados. É necessária a recomposição salarial e avanços reais na valorização da educação, da escola pública e de seus profissionais.