Campanha Convoca Já do Sinpro-DF reúne professores para doar sangue no Hemocentro de Brasília

O Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF) realizou, neste sábado (16), a segunda ação da campanha Convoca Já pela contratação de professores aprovados no último concurso da Secretaria de Estado da Educação do Distrito Federal.

Na ação deste sábado, cerca de 40 pessoas compareceram ao Hemocentro de Brasília para doar sangue. A atividade ocorreu durante a manhã e a tarde deste sábado (16). O intuito do Sinpro-DF na campanha Convoca Já é chamar a atenção para a necessidade de contratação dos mais de 1.200 professores de diversas disciplinas aprovados no concurso de 2016 e sensibilizar o Governo do Distrito Federal (GDF).

“Temos mostrado, por meio dessa campanha, essa relação direta da necessidade dessas convocações com a oferta de uma educação de qualidade, que só é possível com professores devidamente concursados, qualificados. Isso é o que faz a diferença na escola pública. Ela tem o duplo objetivo: sensibilizar as pessoas por meio da doação de sangue, que é um ato de solidariedade, amor, respeito à vida, de fortalecimento dos bancos de sangue dos hospitais públicos de Brasília e essa relação com a luta pela convocação desses professores para materializar uma oferta séria de educação pública de qualidade e socialmente referenciada”, afirma Jairo Mendonça, diretor do Sinpro-DF.

 

Ele diz que quem esteve lá no Hemocentro de Brasília neste sábado pôde viver um momento sensibilizador e emocionante. “Acho também que hoje cumprimos, mais uma vez,  nosso papel de lutarmos por esses professores e professoras que aguardam suas nomeações”, disse.

De 2015 até hoje, mais de cinco mil professores se aposentaram e nem metade dos professores concursados tomaram posse nesse mesmo período para suprir as carências. “Infelizmente, o GDF vem cometendo irregularidades ao não nomear todos os aprovados, pois as vacâncias de aposentadorias, falecimentos e exonerações devem ser ocupadas por professores concursados”, denuncia Samuel Fernandes, diretor do sindicato.

Ele afirma que hoje há 1.262 professores aguardando nomeações. “Temos, atualmente, uma carência de pelo menos 3.500 professores na rede pública de ensino. Vamos continuar lutando para zerar todo o cadastro reserva”, promete Fernandes.

Letícia Montandon, diretora do Sinpro-DF, relata que “a ação foi tão importante que mobilizou diretores do sindicato, professores aprovados no último concurso na espera das nomeações e familiares. Pessoas que entendem a importância tanto das nomeações como da campanha por doação de sangue. Trata-se de uma belíssima campanha em prol da vida”.

A diretora informa que os dois períodos deste sábado em que houve a doação de sangue foram marcados por momentos de solidariedade e manifestação em favor das nomeações. Ela diz que as nomeações são importantes porque fortalecem a educação pública, a educação de qualidade.

“A nomeação de professores aprovados perpassa pela qualidade da educação e é nesse sentido do fortalecimento da educação pública que estamos empenhados nessa nomeação e na realização de novos concursos para atender à demanda da rede”, afirma. A primeira ação da campanha pela nomeação dos aprovados do último concurso para professor foi a doação de brinquedos à Creche Escola Crianças Movendo o Céu, na Cidade Estrutural, no dia 21 de setembro.

Confira outras imagens da mobilização no Hemocentro

Skip to content