Campanha Abraço Negro aborda a militarização na educação e seus efeitos

O Sinpro, por meio da Secretaria de Assuntos de Raça e Sexualidade, realiza no dia 25 de abril o lançamento da campanha Abraço Negro. A atividade é apenas um entre os diversos projetos coordenados pela secretaria e acontecerá no Auditório Paulo Freire (SIG Quadra 06 – Lote 2260). No lançamento receberemos a professora Catarina de Almeida Santos, da Universidade de Brasília (UnB), que abordará o tema: A militarização na educação e seus efeitos à política de combate ao racismo.

De acordo com a diretora do Sinpro Elbia Pires, o projeto é desenvolvido pelo sindicato há dez anos e tem como objetivo combater o racismo nas escolas e, desde cedo, inserir os estudantes na temática. “O projeto é importante porque amplia, na nossa categoria, o debate de combate ao racismo. Neste momento de conjuntura política adversa às politicas públicas que favorecem as minorias, é necessário que façamos junto às nossas comunidades escolares, a conscientização dos nossos alunos e a reafirmemos a importância do combate ao racismo e a todos os tipos de preconceito e discriminações”, afirma a diretora.

Faça já a sua inscrição.

Matutino

Vespertino

 

Abraço Negro

Dia: 25 de abril de 2019

Local: Auditório Paulo Freire – Sinpro (SIG Quadra 06 – Lote 2260)

Matutino: 9h às 11h30

Vespertino: 14h às 16h30

 

PROGRAMAÇÃO:
CAMPANHA ABRAÇO NEGRO
Dia: 25/04/2019 (quinta-feira).
Local: Auditório Paulo Freire, na sede do Sinpro-DF (SIG Q.6)
Mesa de Abertura
SINPRO – Diretoras da Secretaria de Raça e Sexualidade.
CNTE – Secretaria de Combate ao Racismo.
CUT-DF – Secretaria de Combate ao Racismo.
Documentário “Vídeo dos 40 anos do SINPRO”
Mesa de debate: “A militarização na educação e seus efeitos à
política de combate ao racismo”.
Debatedora: Catarina de Almeida Santos – Professora Adjunta da Universidade
de Brasília, Doutora em Educação pela USP, Coordenadora do Comitê-DF da
Campanha Nacional Pelo Direito a Educação e Vice-coordenadora da pesquisa
“Políticas de Expansão da Educação a Distância (EaD) no Brasil: Regulação,
Qualidade e Inovação em Questão”, na região CO e coordenadora na Universidade
de Brasília.
Apresentação da Campanha Abraço Negro 2019
Encerramento

Skip to content