ATENÇÃO| PROFESSORES SOFREM TENTATIVA DE GOLPE TELEFÔNICO MAIS UMA VEZ

O Sinpro-DF, por meio da Secretaria de Assuntos Jurídicos, volta a informar a categoria sobre a tentativa de golpes praticados contra os(as) professores(as) e orientadores(as) educacionais da rede pública de ensino do Distrito Federal. A exemplo de outras ocasiões, o sindicato recebeu mais uma denúncia de que professores(as) em atividade e aposentados(as) sindicalizados(as) estão recebendo ligações telefônicas de golpistas se passando por diretores, ex-diretores e funcionários da Secretaria de Assuntos Jurídicos, Trabalhistas e Socioeconômicos do sindicato para extorquir dinheiro das vítimas.

Os golpes continuam acontecendo principalmente em tempos de pandemia. Orientamos que nenhum professor(a) faça depósitos ou informe dados pessoais para números desconhecidos. O Sinpro-DF, não adota esse tipo de procedimento para que o professor(a) possa ter acesso a ganhos financeiros oriundos de processos na justiça tais como precatórios, ações de indenizações, entre outros.

A luta para combater essa farsa é uma preocupação antiga da diretoria do sindicato, que já denunciou tudo à Polícia Civil do Distrito Federal.

Desta vez, segundo denúncias dos professores(a), o(a) golpista atual fala no primeiro contato em nome de um Dr. Daniel que inclusive, utiliza em sua foto de perfil, a logo marca do Sinpro-DF, solicitando em seguida um depósito em uma conta bancária vinculada à uma suposta pessoa com nome de Priscila, o que na prática é um crime.

 

ATENÇÃO

Para que o professor(a) tenha acesso ao setor jurídico do Sinpro-DF, disponibilizamos aqui, os telefones oficiais do nosso jurídico. Qualquer número incompatível com o que está disponibilizado aqui, orientamos os professores(as) a não passar nenhum tipo de informação pessoal ou dados bancários.

O Sinpro-DF está atento ao surgimento de novas denúncias e ressalta a importância dos(as) sindicalizados(as) desconfiarem de ligações e cartas com cobranças sobre qualquer assunto, principalmente os econômicos e esclarece que a entidade, EM NENHUM MOMENTO, cobra qualquer tipo de valor monetário para administrar as causas jurídicas dos(as) professores(as). Antes de passar qualquer dado pessoal, verifique se, de fato, está falando com um funcionário do sindicato. Ligue para o Sinpro-DF no 3343-4200/4201.

Outra maneira de se precaver contra falsos advogados é pedir o número de registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Com essa informação em mãos, é possível consultar a situação do profissional no Cadastro Nacional de Advogados (CNA).

Confira abaixo alguns dos números utilizados pelos criminosos para tentar aplicar golpe contra a categoria:

DR. DANIEL
99906- 6336

Os golpistas usam os dados abaixo para solicitar o depósito.

Agência: 3539-4
Conta : 42.633- 4 BANCO DO BRASIL
CPF: 078.700.309-37
Dr. PRISCILA REGIANA DA SILVA

MATÉRIA EM LIBRAS

Skip to content