Alerta permanente: luta contra o fim da licença-prêmio continua nesta quarta (19). Todos à CLDF

A mobilização da categoria, da direção do Sinpro e de outros(as) servidores(as) públicos(as) do Distrito Federal nessa terça-feira (18) garantiu que o Projeto de Lei Complementar (PLC) do GDF, que extingue a licença-prêmio dos servidores, não entrasse na pauta da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Apesar desta vitória, nossa tarefa nesta quarta-feira (19) é permanecer em alerta e comparecer à CLDF para acompanhar as votações. A continuidade da nossa mobilização garantirá a manutenção dos nossos direitos.

Mobilização

Desde o dia 6 de junho, quando soubemos que o governador Ibaneis Rocha estava tentando acabar com a licença-prêmio dos(as) servidores(as), a direção do Sinpro iniciou uma mobilização com visitas aos gabinetes dos(as) deputados(as) distritais. Em cada visita, os(as) diretores(as) pediam apoio dos(as) parlamentares no sentido de votar contra o projeto do governo.

Alguns já manifestaram apoio aos(às) servidores(as) públicos(as), mas o governo tem insistido na extinção deste benefício, que é garantido pela Lei Complementar nº 840/2011. Como alguns deputados apoiam o governo, estão dispostos a ampliar o diálogo e solicitarão ao governador que ao invés de tramitar o PLC em regime de urgência, o projeto volte ao debate no segundo semestre, após o recesso parlamentar.

É preciso que a categoria mantenha a vigilância e fique em estado de alerta.

Skip to content