30 de maio: ato em defesa da educação e eleição do Sinpro-DF

No dia 30 de maio, convocados pelo movimento estudantil, mais uma vez, defensores e  defensoras da Educação saem às ruas contra o autoritarismo e a ânsia de destruição do (des)governo Bolsonaro, que já elegeu educadores e educadoras como seus principais inimigos.
Coerente com seus 40 anos de história em defesa da escola pública, da valorização dos profissionais da Educação e da democracia, o Sinpro-DF orienta professores(as) e orientadores(as) a utilizarem seu turno de coordenação para fortalecer esse movimento fundamental para a garantia dos direitos da população e da soberania nacional.
Do mesmo modo, convocamos os(as) educadores(as) filiados(as) ao Sinpro-DF a participarem da eleição da próxima diretoria da entidade, que acontece nos dias 29 e 30 de maio, conforme assegura o Estatuto, sem possibilidade de adiamento ratificado pela Comissão Eleitoral.
Estamos certos(as) de que ambas as mobilizações fortalecerão a defesa da Educação e da escola pública contra os cortes de recursos e os ataques covardes desferidos contra a nossa categoria.
Assim, chegaremos fortes e unidos ao dia 14 de junho para construir uma vitoriosa Greve Geral e barrar à reforma da Previdência deste governo entreguista das riquezas do Brasil, incompetente na gestão do Estado e subserviente aos interesses do capital internacional contra o povo.
Skip to content