19 de junho será mais um dia de gritar: Fora, Bolsonaro

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) convoca os(as) trabalhadores(as) para tomar as ruas de todo o país no dia 19 de junho pela Campanha Nacional Fora Bolsonaro. A mobilização popular pela recuperação do Brasil, iniciada com atos no dia 29 de maio, demonstra toda a insatisfação e a necessidade urgente de mudança no país, que está sendo devastado pelo governo de Jair Bolsonaro.

O Brasil vive um momento de recessão, desemprego, pobreza, fome, inflação, além de uma tragédia social jamais vista, provocada pela má atuação de Bolsonaro frente à pandemia, que levou o país a quase 500 mil mortos por Covid-19. “Se queremos um país com mais empregos, com desenvolvimento, sem privatizações, um país em que os trabalhadores tenham direitos, tenham acesso à vacina e ao auxílio emergencial digno, temos que tirar Bolsonaro do poder”, ressalta o presidente da CUT, Sérgio Nobre.

Com todos os cuidados necessários, como o distanciamento social, uso de álcool em gel e máscaras, o Sinpro pede para todos(as) que se sentirem à vontade, não tenham comorbidades e não façam parte dos grupos de risco que levem às ruas todas as bandeiras de luta mais urgentes, sem esquecer a bandeira principal, que é o impeachment do presidente Bolsonaro. Precisamos exigir que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), paute um dos mais de cem pedidos de afastamento, que estão engavetados no Congresso.

Dia 19, Dia Nacional de Mobilização por ‘Fora Bolsonaro’, será uma data histórica para o Brasil e mais um dia em que a maioria dos brasileiros mostrará que o país, com Bolsonaro, não tem futuro.

 

Confira horários e os locais dos atos no DF:

8h: Carreata – Palácio do Buriti

9h: Passeata – Museu Nacional