Por administrador em 17/nov/2009

Semana da Consciência Negra nas Escolas



Várias escolas do DF realizaram com seus alunos atividades ligadas à temática afrobrasileira e apresentarão seus resultados no próximo dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra.
Em Santa Maria, por exemplo, os alunos do Centro de Ensino Médio 417, com o apoio de embaixadas dos países africanos, oferecerão um banquete de comidas afro. Serão 53 pratos típicos que serão oferecidos a partir das 12h30. Estarão expostos os resultados das pesquisas sobre o continente africano no pátio interno da escola, sob a coordenação dos professores José Norberto Calixto e Alene Ribeiro Gonzaga.
No Centro de Ensino Médio Júlia Kubitschek, na Candangolândia, a partir das 9h30, será mostrado um painel com reeleituras de artistas afrodescendentes. Os alunos farão uma apresentação dos poemas de Solando Trindade, o Poeta do Povo, pernambucano que viveu em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo e que criou o Centro de Cultura Afrobrasileira e o Teatro Popular Brasileiro, que até hoje funciona na cidade de Embu das Artes (SP). “É nosso dever como educadoras contribuir para a formação de uma consciência mais plural da história do Brasil e dos povos que formaram a nossa nação”, afirma Alzira Cristina Costa, professora de História que, juntamente com a professora de Artes, Maria Aldenir Lima, coordena o projeto África e Diversidade Cultural em Sala de Aula.
Sankofa é um pássaro africano que volta os olhos para trás e na filosofia africana simboliza a necessidade de voltar ao passado para ressignificar o presente. Foi esse conceito que inspirou o Centro de Ensino Médio de Taguatinga Norte (CEMTN) a promover estudos a respeito da África e dos afrobrasileiros. Para coroar o trabalho desenvolvido os alunos realizarão o concurso Beleza Negra e serão premiados os vencedores III Concurso Nzinga Mbandi de Literatura. A festa começa às 16h, com apresentações musicais e danças, além do desfile e tem o apoio do Sinpro.
No Centro Educacional 6 de Taguatinga Norte os alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos) apresentarão o projeto Cidadania e Diversidade, com comidas típicas, mostra de vídeos e atrações musicais, a partir das 19h. Os alunos dos cursos regulares do vespertino apresentarão seus trabalhos a partir das 14h, com a participação de alunos portadores de necessidades especiais do CEE 01 de Taguatinga Norte, que apresentarão um espetáculo de capoeira.

Imprimir