Por administrador em 04/fev/2014

Movimentos lançam no dia 8 campanha por mudança no sistema político



No próximo sábado (8/2), às 8h, a CUT e sindicatos filiados, movimentos sociais e populares, e demais centrais, realizam o lançamento da Campanha do Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político e o Planejamento para esta Campanha, no DF. O evento será na sede da CUT Brasília (SDS Edifício Venâncio V subsolo – lojas 4, 14 e 20).

Para o secretário de Política Social da Central, Ismael José César, a participação da CUT nesse processo, além de buscar o combate ao poder econômico e à corrupção eleitoral – vez que financiamento privado das campanhas leva inexoravelmente a isso -, vem no sentido de garantir a democratização do pleito eleitoral, permitindo que os trabalhadores, de fato, possam disputar eleições nos mais diversos níveis, haja vista que da forma que está hoje é impossível um trabalhador se eleger a qualquer cargo público, em razão do alto custo dessas campanhas”.

A iniciativa se baseia em dados do Congresso Nacional, no qual a grande maioria dos deputados e senadores faz parte da minoria da população brasileira, a elite social e econômica do país. Para se ter uma ideia, em contraposição à grande maioria da população, mais de 70% dos parlamentares são fazendeiros e empresários. Apenas 9% são mulheres e 8,5% são negros.

Isso indica a necessidade urgente de mudanças para que os setores majoritários tenham representatividade legislativa de igual tamanho e, com isso, possam ver suas demandas atendidas.

Para solucionar esse problema não basta mudar as pessoas que estão no Congresso. É preciso mudar as regras do jogo, mudar o Sistema Político Brasileiro, organizando um Plebiscito Popular que lute por uma Assembléia Constituinte – que será exclusivamente eleita e terá poder soberano para mudar o Sistema Político Brasileiro, pois somente através dessa mudança será possível alcançar a resolução de tantos outros problemas que afligem o povo.

O que é um Plebiscito?

Um Plebiscito é uma consulta na qual os cidadão e cidadãs votam para aprovar ou não uma questão. De acordo com as leis brasileiras somente o Congresso Nacional pode convocar um Plebiscito.

Apesar disso, desde o ano 2000, os movimentos sociais brasileiros começaram a organizar Plebiscitos Populares sobre temas diversos, em que qualquer pessoa, independente do sexo, da idade ou da religião, pode trabalhar para que ele seja realizado, organizando grupos em seus bairros, escolas, universidades, igrejas, sindicatos, aonde quer que seja, para dialogar com a população sobre um determinado tema e coletar votos.

O Plebiscito Popular permite que milhões de brasileiros expressem a sua vontade política e pressionem os poderes públicos a seguir a vontade da maioria do povo.

Clique aqui e leia a Cartilha do Plebiscito por um novo Sistema Político

Imprimir