Por administrador em 25/jun/2014

Moção de repúdio ao processo demissional dos professores grevistas do RJ



A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa de mais de 2,5 milhões de profissionais da educação básica pública no Brasil, vem manifestar seu irrestrito APOIO à greve dos trabalhadores/as de educação das redes municipal e estadual do Rio de Janeiro, se solidarizando com suas justas reivindicações, por entender que a luta pela valorização profissional e pela qualidade social da educação pública é legítima.

Para a CNTE, somente mobilizados e organizados, os(as) trabalhadores(as) em educação poderão construir uma escola pública de qualidade para todos e em todos os níveis. A greve é o último recurso usado na luta por melhores condições de trabalho e adotado somente após a extinção de todas as possibilidades de negociação.

A CNTE repudia a forma intransigente com que os professores têm sido tratados pelos governantes, e que agora também enfrentam processo demissional 147 grevistas da rede estadual e 60 da rede municipal até o momento.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação endossa a necessidade de que seja imediatamente retomado o diálogo, para que além das reivindicações dos profissionais da educação, seja negociado o cancelamento dos processos de demissão. Lembramos que os ganhos dos professores e professoras, sejam financeiros sejam em qualidade educacional, representam conquistas fundamentais para a sociedade do município e do Estado do Rio de Janeiro, uma vez que a valorização do educador e a aplicações correta das verbas públicas refletem na melhoria da educação e na qualificação dos cidadãos.

Imprimir