Por administrador em 11/mar/2014

Missão Pedagógica no Parlamento abrirá inscrições em março



O programa receberá 54 professores dos ensinos fundamental e médio de todo o Brasil.

As inscrições para o programa Missão Pedagógica no Parlamento estarão abertas a partir de 24 de março. A publicação do edital que regulamenta o programa está prevista para o dia 19 de março.

O programa, que está na quarta edição, é uma capacitação em educação para democracia exclusiva para professores de escolas públicas, conduzido pela Câmara dos Deputados.

Para ingressar no programa, o professor terá de participar do curso “Educação para Democracia e o Parlamento”. Serão disponibilizadas oito vagas por estado, totalizando as 216 vagas.

A inscrição no curso deverá ser feita até 16 de maio, por formulário eletrônico, e as vagas serão preenchidas por sorteio eletrônico. Caso não haja inscritos de determinado estado, a vaga será remanejada para outros estados da mesma região, priorizando aqueles com maior número de habitantes. A participação no programa será possibilitada aos 54 professores com melhores desempenhos no curso.

Requisitos
Para participar do curso “Educação para Democracia e o Parlamento”, o professor terá de estar atualmente trabalhando como regente dos Ensinos Fundamental e/ou Médio em escola pública; apresentar Termo de Ciência e Recomendação da escola; não e ter participado de nenhuma edição do Programa Missão Pedagógica no Parlamento oferecido pela Câmara dos Deputados.

O programa está dividido em duas unidades: Encontro Presencial e Módulo de Aplicação.

O Encontro Presencial será de 40 horas com os seguintes temas:
• Noções sobre democracia, representação e confiança.
• Introdução e problematização sobre o processo legislativo
• Introdução ao tema participação do cidadão
• Desenvolvimento e problematização sobre conceitos de educação para democracia e letramento político.
• Desenvolvimento e problematização sobre papel da escola para a formação democrática e cidadã
• Conceitos e experiências de projetos pedagógicos de intervenção.

Já o Módulo de Aplicação, com educação a distância, terá 50 horas para construção e aplicação de projetos pedagógicos de intervenção em educação para democracia.

O encontro presencial será realizado entre 31 de agosto e 6 de setembro.

Fonte: Agência Câmara

Imprimir