Por administrador em 09/abr/2012

Estudantes do CEM 12 de Ceilândia em apoio a greve dos professores



Na manhã desta segunda-feira(9),  pessoas da comunidade escolar e do comando de greve dos(as) professores(as) de Ceilândia,  se reuniram  para tratar da greve dos professores da rede pública de ensino do DF, que já está perto de completar  30 dias. O descaso do governador Agnelo com a Educação, tem feito com que a comunidade clame urgência para a solução desse impasse e pede a retomada da normalidade das aulas. Estudantes e pais apelam ao governador pelo cumprimento do acordo feito com a categoria, o mais rápido possível.
Os presentes se mostraram preocupados, mesmo reconhecendo que o  direito de greve é legítimo. Eles querem a garantia de retorno das atividades escolares, principalmente os estudantes do terceiro ano, que se preparam para o vestibular.  Sabem os estudantes, que os professores e professoras em greve há  29 dias, lutam não só pela questão salarial, mas pela valorização da escola pública e se colocam como parceiros nesta luta.

Imprimir